#29 – Abelhas em fúria

22/10/2018 às 13:37. Comente esta notícia!

Paramos de contar quando o centésimo ferrão foi removido.

Pois é, retirar ferrão de abelha é um desafio e tanto de paciência. Você precisa ser cuidadoso, usando uma agulha ou lâmina de bisturi. Se resolver fazer isso com as mãos, ou com uma pinça, você pode espremer o ferrão, inoculando ainda mais veneno no paciente.

Bem, no fim das contas, umas 200 abelhas haviam dolorosamente picado aquela jovem senhora de 78 anos.

 

Foi no final de uma tarde ensolarada, aqui na região metropolitana de Curitiba.

As roupas no varal já estavam secas, com o cheiro gostoso deixado pelo sol. O jardim de Dona Cecília lembra muito mais um pequeno bosque, bem cuidado em suas flores, frutos e árvores.

Enquanto recolhia os lençóis num cesto, Dona Cecília percebeu uma conversa diferente entre as abelhas, vinda de uma antiga colmeia lá do alto da ameixeira.

O zum-zum foi assustando e crescendo em uma nuvem escura, que rapidamente despencou furiosa sobre Pereba, o cachorro da família. Em meio a ganidos de dor, latidos de desespero e lençóis esvoaçantes, ela precisou decidir entre correr para dentro de casa ou então socorrer o velho guapeca.

Nem preciso dizer o que ela escolheu, não é?

Agora estava ali conosco, na unidade de semi-intensiva. Seu prognóstico era ruim, com um quadro clínico que foi se rebaixando a ponto de ser necessário uma intubação orotraqueal e medidas agressivas, como hemodiálise e administração em dose plena de adrenalina, corticoides e anti-histamínicos.

De uns cinco anos pra cá, esses ataques aumentaram 50% em nosso país. Reflexo, talvez, do modo como nos esforçamos para destruir o meio-ambiente. Muitos desses ataques acontecem agora, no verão, e a história de hoje pretende ser um alerta para todos nós.

O assunto é mais sério do que se imagina. A cada ano, entre 100 e 150 mortes são registradas no Brasil, pela ação direta de abelhas e vespas.

Infelizmente, isso não foi diferente com Dona Cecília.

Nem com Pereba.

Pense nisso, até a próxima, se cuida.

* * *

#29 – Abelhas em fúria
Duração:
|
Tamanho: 2.40 MB