Ao Vivo

Vítima de depressão séria, Priscila Fantin diz o que a ajudou a recuperar: vale para todos

12/07/2017 às 08:48.

Priscila Fantin passou quatro anos longe da televisão por causa de uma doença séria que afeta a vida de 11,5 milhões de brasileiros: a depressão. Curada, a atriz acredita que ter começado a praticar esportes foi essencial para a sua recuperação.

Priscila Fantin teve depressão

Em entrevista à TV Caras, Priscila disse acreditar que o esporte sempre é um caminho para movimentar e transformar tudo o que as pessoas têm dentro de si e que estava parado por conta da depressão.

“A depressão paralisa muito em todos os sentidos: psicológico, emocional e até, consequentemente, o físico. Quando a gente faz esporte, a gente movimenta tudo isso, ele dá vitalidade”, opina.

A afirmação da atriz é um fato já confirmado pela ciência: o esporte e a atividade física são caminhos muito eficazes para combater as consequências da depressão e aumentar o sucesso do tratamento.

Atividade física x depressão

Um estudo feito pela Universidade Southern Methodist, de Dallas, nos Estados Unidos, em 2012, apontou que a prática de atividade física é mesmo capaz de contribuir para o tratamento de depressão.

De acordo com a responsável pela pesquisa, Jasper Smiths, a prática de apenas 21 minutos diários de exercícios físicos já é capaz de trazer benefícios para a mente.

Além de liberar endorfina, serotonina e dopamina, que ajudam a restabelecer comportamentos mais felizes e positivos, a atividade parece atuar em neurotransmissores específicos do cérebro com efeitos semelhantes aos proporcionados por antidepressivos.

Exercícios físicos praticados por Priscila Fantin

Priscila já contou algumas vezes que não é fã de academia. Por isso, ela prefere exercícios ao ar livre, como correr e andar de skate. Ela também já praticou crossfit como preparação para uma corrida de aventura e também se arriscou no surfe para uma gravação. Atualmente, ela tem feito aulas de MMA para gravar uma série para a TV fechada.

Via: Vix