Ao Vivo

Vereadora é condenada por falsificar frequência em CMEI para ir às sessões da câmara

16 de maio de 2024

Foto: Reprodução

Por g1

A vereadora Rozana Silvaterra Izidio (PSD), de Nova Esperança, no noroeste do Paraná, foi condenada por falsificar o livro de presença em um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) que trabalhava como pedagoga. A condenação, por falsidade ideológica, foi em abril deste ano. Cabe recurso.

De acordo com o Ministério Público (MP-PR), Rozana fazia as falsificação para ir às sessões da Câmara Municipal de Vereadores. 

Em denúncia do MP, o órgão sustentou que Rozana cometeu as falsificações pelo menos 10 vezes, entre julho de 2021 e junho de 2022.

O MP-PR disse, também, que as falsificações evitaram “os descontos na folha de pagamento da coordenadora pedagógica, possibilitando-lhe assim enriquecimento ilícito às custas do erário municipal”.

Saiba mais