Ao Vivo

Vejas as escolas do Paraná que vão retomar as aulas presenciais partir de 19 de outubro

12/10/2020 às 07:57.
Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo.
A partir do dia 19 de outubro, 54 escolas estaduais do Paraná começam a retomada gradual do ensino com as aulas extracurriculares (lista abaixo). São 30 cidades de seis regiões que foram escolhidos pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR). Os pais que encaminharem os filhos deverão preencher uma autorização para o estudante participe das aulas extracurriculares.

As escolas estaduais que vão retomar as atividades receberão máscaras, álcool em gel, material de higienização do ambiente escolar, luvas e outros produtos de limpeza. A ideia é garantir a proteção dos alunos, professores e outros funcionários. O secretário da Educação, Renato Feder, reforça a importância de se ter segurança nas escolas neste primeiro momento. “A retomada das aulas acontece onde houve manifestação favorável a retomada e onde foram adquiridos todo o kit necessário para a prevenção e proteção contra o Covid-19”, disse o secretário.

Quais alunos terão aulas presenciais no Paraná?

 A presença dos alunos será por adesão feita por pais ou responsáveis legais, que vão assinar um documento liberando a ida do aluno. Com base nesse levantamento, que deverá ser enviado para a Seed, serão anunciadas semanalmente outras escolas que farão a retomada gradual.

Entre as regras estabelecidas pelo Comitê ‘Volta às Aulas’, constam orientações sobre aferição da temperatura corporal na entrada das escolas, higienização dos espaços de aula, distanciamento entre alunos e professores. A máscara é obrigatória inclusive dentro das salas de aula.

Sala de aula de Escola estadual no Paraná
Quando voltarem, escolas seguirão protocolos de combate ao coronavírus, no retorno das aulas. Foto: Gerson Klaina / Tribuna do Paraná

Atividades extracurriculares

São consideradas atividades extracurriculares como recursos escolar e nivelamento; aprofundamento da aprendizagem; atendimento educacional especializado; atendimento pedagógico individualizado; cursos de idiomas; experimentação e iniciação científica; cultura e arte, esporte e lazer; tecnologias da informação, da comunicação e uso de mídias; meio ambiente; direitos humanos; promoção da saúde; e mundo do trabalho e geração de rendas.

Escolas estaduais que devem retomar atividades presenciais

  • São Tomé: Escola Estadual Pedro Fecchio e Colégio Estadual Santos Dumont
  • Japurá: Escola Estadual Emílio de Menezes e Colégio Estadual Rui Barbosa
  • Cianorte: Colégio Estadual de Vidigal
  • Terra Boa: Colégio Estadual Helena Kolody
  • Altônia: Escola Estadual do Campo São João
  • Cafezal do Sul: Escola Estadual do Campo Guaipora
  • Cruzeiro do Oeste: Colégio Estadual Anchieta e Colégio Estadual Cruzeiro do Oeste
  • Icaraíma: Escola Estadual do Campo Porto Camargo
  • Iporã: Escola Estadual do Campo Vila Nilza e Escola Estadual Antenor P dos Santos
  • Umuarama: Colégio Estadual Bento Mossurunga, Escola Estadual Jardim Canadá, Colégio Estadual Dra. Zilda Arns, Escola Estadual Durval Seifert, Colégio Estadual Prof. Hilda Trautwein Kamal, Colégio Estadual Monteiro Lobato e Colégio Estadual Vereador José Balan.
  • Xambrê: Escola Estadual do Campo de Eliza e Escola Estadual do Campo Casa Branca.
  • Arapoti: Colégio Estadual Carmelina Ferreira Pedroso e Colégio Estadual João Paulo II
  • Jaguariaíva: Colégio Estadual Anita Canet e Colégio Estadual Padre José de Anchieta
  • Sengés: Colégio Estadual Presidente Costa e Silva e Colégio Estadual Prof. Erasmo Braga
  • Bom Sucesso do Sul: Colégio Estadual Castelo Branco
  • Coronel Vivida: Colégio Estadual Arnaldo Busato
  • Honório Serpa: Colégio Estadual Projeto Rondon e Escola Estadual Elias Abrahão
  • Mariópolis: Colégio Estadual Presidente Arthur Costa e Silva
  • Pato Branco: Colégio Estadual de Pato Branco
  • Ponta Grossa: Colégio Estadual Prof. José Gomes do Amaral, Colégio Estadual Maestro Bento Mossurunga e Colégio Estadual Nossa Senhora das Graças
  • Marmeleiro: Colégio Estadual Telmo Octávio Muller
  • Francisco Beltrão: Colégio Estadual Eduardo V Suplicy, Colégio Estadual Reinaldo Sass, Colégio Estadual Mário de Andrade, Escola Estadual da Cango e Centro Estadual de Educação Profissional do Sudoeste do Paraná.
  • Realeza: Colégio Estadual João Paulo II e Colégio Estadual Doze de Novembro
  • Pinhal de São Bento: Colégio Estadual Presidente Vargas
  • Ampére: Colégio Estadual Nereu Perondi, Colégio Estadual Cecília Meireles e Colégio Estadual Cândido Portinari
  • Verê: Colégio Estadual Arnaldo Busatto
  • Santo Antônio do Sudoeste: Escola Estadual Antônio Schiebel
  • Pranchita: Colégio Estadual Julio Giongo
  • Capanema: Colégio Estadual Padre Cirilo
  • Barracão: Colégio Estadual Leonor Castellano

Via: Tribuna Do Paraná