Ao Vivo

Vai malhar ao ar livre? Confira 7 dicas para proteger sua pele do sol

06/10/2017 às 10:29.

A dermatologista Thais Guerreiro te dá o caminho das pedras para você cuidar a pele na primavera e no verão

Praticar exercícios físicos ao ar livre pode prejudicar (e muito!) a sua pele devido à exposição a fatores externos como o sol, ar, vento, poluição e calor. O maior órgão do corpo humano não pode sair da sua listinha de proteção e cuidados, certo? Pensando nisso, conversamos com a dermatologista Thais Guerreiro, que destaca sete recomendações para quem quer dar um boost no tratamento da pele durante os treinos. Atenta:

 

  1. A velha máxima: use filtro solar

Se você é daquelas que ama correr ao ar livre, opte por filtros com maior fixação do que os usados no dia a dia — durante a prática física, a transpiração pode acabar removendo o produto e deixando a pele mais exposta. Para não errar, escolha sempre os filtros com proteções mais altas e a prova d’água, ok?

 

  1. Mas qual é a proteção mínima?

O fator de proteção solar deve ser o primeiro item a ser analisado, sabia? Muitas vezes o indivíduo estará exposto diretamente ao sol. Desse modo, filtros com fator de proteção menor do que 30 (FPS 30) não são recomendados. Os filtros exclusivamente físicos, ou seja, aqueles que criam uma barreira sobre a pele podem ser mais adequados por terem menos chance de irritar os olhos e a pele.

 

  1. De cara limpa!

Sendo sincera, a maioria dos especialistas não indica o uso de maquiagem durante os treinos. “As substâncias presentes na maquiagem podem reagir com o sol ou suor e causar irritação na pele e nos olhos. Uma alternativa para quem quer se exercitar, mas não consegue deixar de lado uma make, são os filtros com base”, disse. Além de proteger dos raios UV,  promovem uma cobertura que homogeniza a cor da pele. Done!

  1. Aposte nas viseiras, bonés…

Os filtros solares não conseguem manter sua eficácia diante de uma transpiração excessiva & prolongada… Portanto, já que reaplicar no meio de uma prova ou treino nem sempre é possível, procure usar métodos de barreira física. Bonés, viseiras, camisetas com mangas longa são as opções certeiras e ainda podem dar um up no seu look esporty. Vale lembrar que hoje existem tecidos com proteção UV.

 

  1. Atenta ao horário

Procure treinar em horários de menor irradiação solar — no início da manhã ou no fim da tarde. “Se for continuar exposto ao sol após o treino, reaplique o filtro solar assim que possível, mesmo que não tenha higienizado a pele”, diz.

 

  1. E não esqueça do couro cabeludo!

Ninguém merece ficar com o couro cabeludo ardendo e com aquelas pelezinhas mortas que envolvem os fios durante dias… Sempre que for treinar ao ar livre procure usar um boné para evitar queimadura solar. Se o esporte envolver a piscina, use um shampoo anti resíduos depois e recomendado para o seu tipo de cabelo, combinado?

 

  1. E quem nunca sentiu a pele cheia de sal no pós-treino…

O nosso suor é composto de água e de cloreto de sódio (sim, o mesmo composto do sal de cozinha). Por isso, quando você seca, sente que o corpo fica cheio de sal (a água evapora e sobra o sal). Devido a grande perda de sódio, fique muito atento à hidratação da pele. Não esqueça de tomar bastante água para repor os mineirais e também não se esqueça de hidratar a pele com um creme específico.

 

Via: Revista Glamour