Ao Vivo

Vacina contra covid-19 que será produzida no PR é 92% eficaz, diz Rússia

12/11/2020 às 08:29.

Foto ilustrativa: Freepik/Jcomp

A vacina Sputnik V contra a covid-19, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e que também será produzida no Paraná é 92% eficaz contra o novo coronavírus, afirma o comunicado divulgado pela Rússia, nesta quarta-feira (11). De acordo com informações do portal G1, os resultados preliminares são referentes à fase 3 de estudos da pesquisa, no entanto, dados obtidos ainda não passaram pela revisão de outros cientistas, requisito para que sejam publicados em revista científica.

A análise da eficácia da vacina foi baseada em 20 casos de covid-19, que foram registrados nos voluntários que tomaram a primeira dose da vacina e também naqueles que receberam o placebo (substância inativa), como explica o G1. A eficácia de 92% significa que a pessoa que receber a vacina tem 92% menos chance de ser infectada com o coronavírus.

Os estudos que apontaram o resultado contam com 40 mil voluntários e são realizados na Rússia. Entre os voluntários, 20 mil já foram vacinados com a primeira dose, e mais de 16 mil deles já receberam as duas dose da vacina em desenvolvimento. E os resultados que chegaram à essa eficácia foram calculados 21 dias depois da primeira dose e um dia após a segunda dose da imunizantes.

Ainda de acordo com o comunicado feito pelo governo russo, não houve eventos adversos inesperados durante os ensaios e o monitoramento dos participantes ainda está em andamento.

Além da Rússia, a farmacêutica norte-americana Pfizer também divulgou resultados da eficácia da vacina contra a covid-19 que desenvolve. Segundo anúncio feito pela Pfizer, na última segunda-feira (9), a vacina apresentou mais de 90% de de eficácia na análise preliminar dos testes de fase 3.

Via: Tribuna Do Paraná