Tutores estão deixando de vacinar seus cachorros contra a raiva: e isso pode ser mortal

10/08/2018 às 08:48. Comente esta notícia!

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Paraná alerta para a crescente quantidade de tutores que não estão vacinando seus pets contra a raiva animal. Boatos que circulam na internet dizendo que a vacina provoca graves reações em cães e gatos podem acabar com o atual controle da doença. E isso é grave, já que a raiva animal pode até matar se não houver prevenção e conscientização.

O secretário geral do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Paraná, Leonardo Napoli, explicou ao Viver Bem que recebe relatos frequentes da negligência de tutores. “É uma situação muito preocupante, em que uma pessoa vai falando pra outra e pode comprometer o controle até mesmo de outras viroses”, analisa.

Foto: Pixabay

Por mais que a raiva nos cães e gatos esteja sob controle no país, o vírus ainda circula no meio ambiente, e a proximidade dos humanos com animais que não deveriam estar nas cidades gera uma preocupação extra aos tutores. Uma das variantes é a zoonose transmitida pelos morcegos, já que é comum encontrá-los nas cidades.

“Muitas pessoas acham que, por morarem em apartamento, não precisam vacinar seus bichinhos, que o risco é zero. Mas, pode acontecer do cão ou gato ser mordido por um morcego [durante o passeio na rua ou mesmo na varanda] e pegar raiva. É uma situação extrema, mas que pode acontecer”, explica Leonardo Napoli.

Assim como as campanhas de vacinação contra o sarampo e a febre amarela têm sido afetadas por notícias falsas, há o receio de que o controle da raiva no Brasil também seja prejudicado pelo mesmo motivo. Apesar de não divulgar números, o Centro de Controle de Zoonoses e Vetores da Prefeitura de Curitiba diz que mantem a doença sob controle.

Vacinação

Pessoas de baixa renda podem vacinar seus cães de graça no Centro de Controle de Zoonoses de Curitiba, na Rua Lodovico Kaminski, 1381, Cidade Industrial de Curitiba. A imunização é feita a partir dos 6 meses de idade do animal.

A imunização contra a raiva também está disponível em consultórios médicos veterinários particulares, com doses em torno de R$ 70.