Ao Vivo

‘Turma da Mônica’ cria personagem médica para homenagear infectologista

14/05/2020 às 20:04.

Nascida em Taiwan, a médica infectologista Ho Yeh Li veio para o Brasil em 1983, onde se naturalizou, cursou medicina na USP, e trabalhou incansavelmente até se tornar coordenadora da UTI de infectologia do Hospital das Clínicas, em São Paulo. Como referência na área e depois de se destacar no combate à febre amarela, em 2018, Li foi escolhida para coordenar, em fevereiro desse ano, a missão de repatriação dos 34 brasileiros que se encontravam em Wuhan, cidade chinesa que então era o epicentro do novo coronavírus. Como forma de agradecimento por sua dedicação e trabalho, Li recebeu uma singela e inesperada homenagem: foi transformada em personagem da Turma da Mônica.

A infectologista Ho Yeh Li © Arquivo pessoal

O tributo nasceu do projeto Donas da Rua, uma iniciativa da Maurício de Sousa Produções com apoio da ONU Mulheres, a fim de ilustrar o compromisso da produtora como signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, plataforma da ONU Mulheres e Pacto Global. Ho Yeh Li é a primeira profissional da saúde a se tornar personagem da Turma, como forma de destacar também a importância do protagonismo feminino na linha de frente do combate ao coronavírus.

“A exemplo da Ho Yeh Li, o papel das mulheres na ciência é muito forte, mas pouco evidenciado. Nosso papel é apresentá-las às meninas para que se sintam motivadas e inspiradas”, afirmou Mônica Sousa, filha do cartunista e diretora-executiva da MSP. Segundo o IBGE, dentre os mais de seis milhões de profissionais de saúde no Brasil, cerca de 65% são mulheres, incluindo setores públicos e privados.

Li a caminho de Wuhan para resgatar os brasileiros na China © divulgação

LI chegou a pegar a Covid-19 no início de Abril, mas já melhorou – e voltou ao trabalho.

© arquivo pessoal

Via: Hypeness