Tumor cerebral de menina de 11 anos desaparece: presente de Natal

19/12/2018 às 09:12.

Um tumor cerebral inoperável de uma menina de 11 anos, do Texas, EUA, desapareceu por completo. A melhor notícia de Natal para a família da garotinha.

Segundo os médicos, não há explicação para a aparente o desaparecimento constatado por exames. A boa nova foi divulgada pela Fox News e NewOn6.

Roxli Doss foi diagnosticada com glioma pontino intrínseco difuso, ou DIPG, em junho, como relatado pela KVUE , e passou por semanas de radiação.

Os pais dela, Gena e Scott, contam que rezaram por um milagre e conseguiram.

“É uma benção pra nossa família que Deus tenha curado Roxli”, comemorou a mãe.

A equipe médica da menina está igualmente em estado de incredulidade.

“É muito raro, mas o quadro dela era de uma doença devastadora”, disse Virginia Harrod, do Centro Médico Infantil da Dell, à agência de notícias.

“Você tem uma capacidade diminuída de engolir, às vezes perda de visão, diminuição da capacidade de falar e, eventualmente, dificuldade em respirar.”

Vida nova

Hoje, Roxli anda a cavalo e pratica outras atividade comuns a qualquer adolescente da idade dela.

“Quando vi pela primeira vez o exame de ressonância magnética de Roxli, foi realmente inacreditável”, acrescentou Harrod.

“O tumor não foi detectado na ressonância magnética, o que é realmente incomum”.

O tratamento

Harrod disse que o jovem de 11 anos passou por semanas de radiação, apesar de não haver cura.

A família disse agora que só tem a agradecer.

“Nós não sabíamos quanto tempo ela seria saudável e, olhe para ela, ela está apenas fazendo incrível”, disse Scott.

Os pais disseram que os médicos checaram os exames apenas para confirmar os resultados.

Agora, eles estão observando de perto e ela continuará a se submeter a tratamentos, como a imunoterapia, por precaução.

Com informações da Fox News e da NewOn6