Ao Vivo

Triângulo da morte | Doutor 98

02/05/2017 às 08:41.

A história de hoje vai direto pra você, que vive na frente do espelho espremendo cravos e espinhas.

Aquela noite foi o Ó do Borogodó.

Pedro estava tão mal que nem percebeu que já estava no pronto-socorro. Seus pais, de tão assustados, só se deram conta da gravidade da coisa quando a maca saiu em disparada pelo corredor, levando o jovem de 16 anos direto para a unidade de terapia intensiva.

Ele chegou mais pra lá do que pra cá. Estava pálido, confuso e com dificuldade de respirar. Exames laboratoriais revelariam uma quantidade incrível de bactérias em seu sangue.

Pedro estava com septicemia grave, que aparece quando o organismo é tomado por uma infecção da pesada.

Agora olha só: após uma investigação clínica detalhada, logo se chegou a uma conclusão perturbadora. Todo aquele sofrimento havia sido causado por causa de uma espinha.

Isso mesmo.

Ao espremer uma espinha na região do nariz, Pedro inocentemente inoculou em seu corpo o veneno que quase lhe causaria a morte.

Sabe, existe em nosso rosto uma região perigosa, chamada pela neurologia de Triângulo da Morte. Nessa região, compreendida entre a boca e o nariz, existem vasos sanguíneos que desembocam diretamente na base do cérebro, driblando as principais barreiras de defesa do nosso corpo.

Então, dependendo da maneira como você manipula o rosto, pode expor sua saúde ao risco de meningites, encefalites e outras ‘ites’.

Então resista o quanto puder a essa vontade maluca de ficar cutucando cravos e espinhas.

Como eu sei que você vai cair na tentação de qualquer jeito, pelo menos lave com bastante água e sabão, tanto o rosto quanto as mãos.

A mesma história vale para os pelos no interior do nariz, que nunca devem ser arrancados, apenas aparados.

Pense nisso. Até a próxima, se cuida!

Ouça:

Dr Carlos Valério Andrade| CRM-PR 35.499

Doutor 98 – De Seg a Sex ás 10hrs em 98,9fm ou ouça online