Ao Vivo

Tinder quer levar universitários para primeiro encontro no Havaí

13/07/2017 às 15:41.

A dupla chamou atenção no Twitter por um motivo para lá de curioso: após dar “match” no aplicativo, eles mantiveram uma piada por mais de três anos

Muitos correm o dedo no Tinder, aplicativo de namoro, para encontrar o amor verdadeiro. A história de Michelle Arendas, de 21 anos, e Josh Avsec, 22, é bem diferente. Depois do tão esperado ‘match’, os universitários americanos passaram três anos mantendo uma piada no app.

Apesar de frequentar a mesma universidade, em Ohio, eles só se conheceram em 2014, quando rolou o contato no Tinder.

Josh revelou ao BuzzFeed que, ao contrário do que fez com outras jovens, ele enviou uma mensagem simples para a garota: “Eu costumava mandar mensagens com bastante humor para várias garotas. Foi então que eu cruzei com a Michelle. Ele parecia um pouco diferente, então eu mandei algo fora do comum“, explicou o jovem, sem dar mais detalhes.

A primeira mensagem de Josh foi um simples “hey Michelle”, enviado em setembro de 2014. A universitária, no entanto, demorou dois meses para responder à conversa: “Hey, me desculpe, a bateria do meu celular acabou!“, escreveu Michelle, com bom humor — o que agradou Josh, que decidiu embarcar na brincadeira.

A jovem, então, revelou que ela havia deletado e reinstalado o aplicativo várias vezes. Por causa disso,  normalmente perdia mensagens, ou as via tarde demais: “Eu não estava levando o app muito a sério. É por isso que eu mandei uma mensagem engraçadinha para ele“, contou a jovem.

Josh, então, esperou dois meses para responder a mensagem de Michelle: “Hey, me desculpe, eu estava tomando banho!“, ele brincou. Os dois continuaram trocando mensagens, sempre com meses de diferença, para manter a piada viva.

A brincadeira durou por quase três anos e, ao BuzzFeed, a dupla revelou que ficou surpresa ao ver como a diversão se manteve por tanto tempo — e nenhum deles queria ser responsável por acabar com as mensagens: “Eu não esperava  que ele iria me responder. Eu achei que a minha mensagem para ele seria o fim de tudo“, ela comentou. “Não achei que ela estivesse interessada, encarei tudo como uma piada, então a cada dois meses eu olhava o Tinder para ver se eu tinha recebido uma mensagem“, explicou o universitário.

Na sexta (7), Josh decidiu compartilhar as “prints”  da conversa no Twitter. “Um dia eu ainda vou conhecer essa garota e será épico! Olhem as datas das nossas mensagens no Tinder“, explicou o rapaz na rede social. O tuíte, que era para ser uma piada em amigos, viralizou rapidamente e, em poucas horas, alguém marcou Michelle na mensagem: “O meu coração começou a bater para fora do meu peito!“, contou o rapaz ao ver que as fotos tinham chegado até a jovem. Confira: 

O sucesso online deu a coragem que Josh precisava para entrar em contato com Michelle — dessa vez, sem piadinhas — para trocar números de telefone. O rapaz revelou que eles têm trocado mensagens, mas só sobre o quão ridículo é o sucesso da dupla online. A história dos universitários, que ainda não se conheceram pessoalmente, está fazendo sucesso: muitos torcem por um namoro e querem que eles tentem um encontro, pelo menos.

A história chamou tanta atenção que, na segunda (10), o próprio Tinder entrou em contato com a dupla para fazer uma proposta única: eles teriam 24 horas para decidir em qual cidade eles gostariam de ter o primeiro encontro — sim, a companhia ofereceu enviá-los, com todas as despesas pagas, para a cidade que eles escolherem.

Josh contou ao BuzzFeed que ele e Michelle discutiram Havaí e, na terça (11) à tarde, a empresa estava coordenando planos para enviá-los para Maui. “Aloha! Nós iremos enviá-los para Maui, mas você não pode demorar dois anos para arrumar a sua mala“, brincou a rede social no Twitter.

A dupla pretende se encontrar pessoalmente em breve, mas, até lá, parece que o relacionamento está indo muito bem: “Tudo está ótimo e eu amo conversar com ela, mas eu não quero apressar nada. Conversar com ela tem sido tão fácil!“, contou Josh sobre a troca de mensagens. Mal podemos esperar pela continuação dessa história romântica!

Via: Veja São Paulo