Ao Vivo

Temporal na madrugada causa estragos em Curitiba. Previsão segue com chuva

02/10/2017 às 08:22.
Em Curitiba, a chuva chegou acompanhada de rajadas de ventos com picos de 51 km/h

A tempestade alertada pelos institutos de meteorologia chegou com a força prometida entre a noite de domingo (1°.) e a madrugada desta segunda-feira (2) no Paraná. Em Curitiba, a chuva chegou acompanhada de rajadas de ventos com picos de 51 km/h, causou alagamento pontual na Avenida Brasília, no bairro Capão Raso, e derrubou uma árvore na Avenida Getúlio Vargas, próximo à esquina com a Rua Saint Hilaire,no Água Verde. No local, por volta das 7h55, uma das três faixas da via estava interditada.

No começo da manhã, a Companhia Paranaense de Energia (Copel) contabilizava 10 mil imóveis sem energia na capital. Embora ainda não houvesse detalhes de onde se concentravam as interrupções, há registros de falta de energia no Água Verde, Uberaba e Guabirotuba. Os desligamentos foram causados, principalmente, por causa do vento. Por isso, como continua ventando na cidade, a companhia não descarta a possibilidade de novas quedas de energia ao longo da manhã.

Além disso, segundo a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), pouco antes das 8 horas, a Rua Padre Germano Meyer estava com dois semáforos apagados nas esquinas com as ruas Itupava e Professor Brandão.

No mesmo horário, o trânsito estava totalmente fechado, no cruzamento da Rua Ulisses Vieira com a Guaianazes, na Vila Izabel. Galhos de árvores estão caídos na pista.
Interior

A situação é mais delicada no interior do estado. No Sudoeste, na região entre os municípios de Pato Branco, Dois Vizinhos e Planalto, os ventos chegaram a 100 km/h.

A Defesa Civil do estado informou no início da manhã que, formalmente, até aquele momento, apenas Pato Branco tinha estragos causados pela chuva registrados no órgão. O vendaval deixou casas destelhadas na cidade. Mas, ainda conforme a defesa, sabe-se que o temporal também deixou estragos em várias outras cidades da região, como Capanema, Pranchita, Bela Vista da Caroba e Dois Vizinhos.

Na tarde deste domingo, quando a chuva começou a ganhar força no estado, Francisco Beltrão foi uma das primeiras cidades a sentir o impacto da tempestade. O Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cegerd) informou que a tempestade começou por volta das 15h30 e causou falta de energia elétrica, queda de árvores pela cidade e destelhamento parcial de – ao menos – quatro residências.

Via: Tribuna do Paraná