Ao Vivo

Tempo muda e ventos fortes provocam estragos em Curitiba

20/10/2017 às 08:10.
A semana foi quente em Curitiba e as temperaturas chegaram a 30ºC na capital. Mas nessa quinta-feira (19), o tempo virou por volta das 14h e o sol deixou de brilhar. Ventos de até 72 km/h foram registrados e em muitos bairros houve queda de árvores, galhos e falta de energia elétrica. A Coordenaria Municipal de Proteção e Defesa Civil informou que até as 18h cerca de 60 solicitações desse tipo foram atendidas – 41 atendimentos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e 19 do Corpo de Bombeiros.

No bairro Batel, por exemplo, duas faixas da Avenida Vicente Machado com a Rua Desembargador Costa Carvalho foram bloqueadas devido a queda de um pinheiro de mais de 5 metros de altura. A árvore, que estava dentro de uma residência, ficou presa na fiação da rua e por isso não causou um estrago ainda maior. Em outras ruas da cidade era possível ver galhos caídos e 37 semáforos ficaram desligados ou em alerta.

Destelhamentos também foram registrados em Curitiba. No total foram 14 episódios e dois deles foram em unidades da rede municipal de ensino (Escola Municipal Colombo, no Bairro Novo, e Escola Municipal Pilarzinho). Segundo a Secretaria Municipal de Educação, pelo menos sete unidades, entre escolas e centro municipais de educação, foram atingidas pelas chuvas. Houve o isolamento dos locais afetados.

Equipes da Coordenadoria de Obras da Secretaria da Educação vão fazer o levantamento da situação para avaliar os reparos necessários.

Por conta da tempestade, aproximadamente 22 mil residências ficaram sem energia elétrica, nas regionais Matriz, CIC, Portão, Boa Vista, Hauer e Boqueirão e, segundo o Simepar, a previsão é de que a chuva volte a aparecer até segunda-feira que vem (23). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) já alertou que o Estado está em alerta laranja, ou seja, tempestades fortes e com possibilidade de granizo devem surgir. Na região Oeste do Paraná não foi diferente. Mas por lá, os ventos foram mais fortes e passaram de 100 km/h.