Ao Vivo

Tarado do Hauer leva medo e preocupação para moradores da região

05/10/2017 às 08:39.

Na última segunda-feira (3) três mulheres foram assediadas por um tarado

Foto: Reprodução/Átila Alberti.

Quem mora no bairro Hauer está assustado. Na última segunda-feira (3) três mulheres foram assediadas por um tarado. O homem de 40 anos abordou as vítimas em horários distintos e em ruas próximas da região, de acordo com a polícia. Uma das vítimas, que optou por não se identificar, contou que o homem desceu de um veículo Siena prata e começou a falar “besteiras de cunho sexual enquanto se masturbava”.

Alguns moradores ainda contaram que o tarado aborda as mulheres na parte da manhã e sempre age da mesma forma, aparece pelado e se masturbando. Uma de suas ações, que aconteceu na Rua Bartolomeu Lourenço de Gusmão, foi filmada pelas câmeras de segurança de um escritório. O dono do estabelecimento, que prefere não revelar seu nome, se diz preocupado e descobriu as imagens através de duas vítimas que o procuraram.

“Ontem ele estacionou aqui na frente, sem a parte de baixo da calça e começou a se masturbar. Eu tenho minha esposa e fico preocupado! Espero que ele seja preso!”, contou.

O marido de uma das vítimas também falou com a Tribuna do Paraná e disse que ficou bastante indignado com a situação. “A minha mulher foi abordada por ele ontem (segunda), o homem estava pelado e enquanto se masturbava foi na direção dela. Ela começou a correr pela rua para fugir do ‘cara’, e conseguiu anotar a placa do carro em que ele estava. A gente conseguiu localizar ele aqui perto. Ele trabalha em uma transportadora da região e ontem até chamamos a polícia, mas eles não puderam fazer nada porque não houve flagrante”, contou.

Foto: Átila Alberti.

Foto: Átila Alberti.

Segundo o delegado Osmar Antônio Dechiche, do 7º Distrito, o homem tem uma extensa ficha criminal e está foragido.
“O rapaz foi identificado e ele já tem uma condenação por furto. Tem mandado de prisão em aberto pelo crime de furto e uma extensa ficha por uso de drogas e violência doméstica. Há menos de 10 meses e trabalhava em uma transportadora da região. Ele sentiu a aproximação da polícia e fugiu ontem à tarde”, explicou.

Se você tem informações sobre o caso, entre em contato com 7º Distrito Policial através do 41 3217 2300.

Outro caso

Segundo o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do bairro Hauer, está não é a primeira vez que o individuo faz esse tipo de abordagem. Um outro caso foi registrado pelo Conseg em setembro. Nessa situação o ele também começou a se masturbar no meio da rua.

“A gente recebeu um relato há duas semanas atrás. Essa moradora estava indo buscar a filha no colégio quando um homem abriu a porta do carro, desceu e começou a se masturbar. Nós postamos no Facebook em uma tentativa de não haver novas vítimas”, contou Rodrigo Vidal, membro da diretoria do Conseg Hauer.

Via: Tribuna do Paraná