Ao Vivo

Sozinhas em casa, crianças provocam incêndio e morrem após ter o corpo queimado

12/07/2017 às 09:05.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os irmãos estariam sozinhos dentro de casa e aproveitaram para mexer com fogo na sala da residência.

As três crianças estavam sozinhas em casa quando o fogo começou. Foto: Colaboração

Duas crianças morreram após ter mais de 80% do corpo queimado em um incêndio registrado no município de Morretes, Litoral do Paraná. A tragédia aconteceu na tarde desta segunda-feira (10), quando os pequenos de dois e três anos brincavam com o irmão mais velho, de apenas quatro aninhos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os irmãos estariam sozinhos dentro de casa e aproveitaram para mexer com fogo na sala da residência. No entanto, um acidente aconteceu e a casa de madeira de 50m² localizada no bairro Sapitanduva foi rapidamente tomada pelo fogo.

O irmão mais velho conseguiu sair correndo pedir ajuda e teve somente ferimentos leves, mas os menores precisaram ser resgatados em estado gravíssimo. “Eles foram encaminhados ao Hospital de Morretes pelos vizinhos. O menino de dois anos teve 80% do corpo queimado, enquanto o de três anos apresentou queimaduras em 91% do corpo”, informou a tenente Virgínia Maria Zambrim Turra, do Corpo de Bombeiros.

Segundo o delegado Antônio Cesar Pereira dos Santos, da Delegacia de Polícia Civil de Morretes, as duas crianças foram transferidas para o Hospital Evangélico ainda com vida. Porém, não resistiram às queimaduras. “O garoto de três anos foi transferido de helicóptero e entrou em óbito na noite de ontem. Já o irmão de dois anos faleceu durante essa madrugada”, lamentou. O Hospital Evangélico confirmou os óbitos.

Investigação

Foto: Colaboração

Foto: Colaboração

Diante disso, Antônio informa que será instaurado um inquérito para apurar as causas da tragédia. “A equipe do Instituto de Criminalística de Paranaguá realizará a perícia no local para confirmar as circunstâncias em que ocorreu o incêndio, pois diversas opções são possíveis”, informou.

Depois disso, familiares e testemunhas serão ouvidos pela polícia. “Precisamos verificar se as crianças estavam realmente sozinhas e qual teria sido o motivo”. O inquérito tem prazo de 30 dias para ser concluído.

O velório das crianças deve acontecer no bairro Batel, no município de Antonina, e o enterro está marcado para 12h desta quarta-feira (12).

Via: Tribuna do Paraná