Ao Vivo

Sem escola e sem fraldas: a maternidade alternativa da filha de Ana Maria Braga

13 de maio de 2024

Foto: reprodução / redes sociais.

Por Tribuna do Paraná

Há 13 anos, quando se tornou mãe, Mariana Maffeis, filha de Ana Maria Braga, pesquisava sobre o melhor tipo de fralda quando descobriu, por acaso, a chamada higiene natural infantil. A prática consiste em identificar os sinais de que o bebê precisa fazer cocô ou xixi e segurá-lo em um penico ou vasilha apropriada, na posição de cócoras.

A técnica pode ser aplicada desde a primeira semana de vida e tem como objetivo dispensar ou reduzir o uso de fraldas. Chamado em inglês de “elimination communication”, o hábito vem crescendo em adeptos no Brasil. Mariana foi uma das precursoras e hoje difunde essa e outras práticas do que chama de “maternidade ativa e consciente” em cursos na internet.

Mãe de quatro filhos, com idades entre 13 anos e cinco meses, Mariana afirma nunca ter comprado um pacote de fralda descartável na vida. “Consegui dar a volta por essa quase obrigatoriedade da nossa era”, diz. “É desconfortável para o bebê, ocupa espaço no planeta e aliena a criança de si mesma.”

Leia mais