Ao Vivo

Sacolões da Família estão com promoção de R$ 1,99 para frutas e hortaliças

19/07/2017 às 09:59.

Uma boa notícia para os fregueses de Sacolões da Família da Prefeitura. A maioria das unidades do programa está comercializando hortifrutigranjeiros a R$ 1,99 o quilo. Dos 15 pontos, o valor promocional pode ser encontrado em 10 sacolões: Boa Vista, Boqueirão, Jardim Paranaense, Carmo, Fazendinha, Monteiro Lobato, Santa Efigênia, Pinheirinho, Vila Sandra e Vila Oficinas.

Segundo José Carlos Koneski, diretor do Departamento de Unidade de Abastecimento da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab), a Prefeitura também está negociando com as demais unidades a possibilidade da redução dos preços. “Como os permissionários têm autonomia para praticar o preço máximo de R$ 2,29 o quilo, estamos buscando levar a promoção para todos os pontos”, acrescenta ele.

Koneski explica que a promoção está sendo realizada para estimular a população a consumir frutas, verduras e legumes neste período do ano. “No inverno, normalmente, há uma queda natural da venda de hortifrutigranjeiros. Mas é importante que as pessoas mantenham o consumo destes produtos que são ricos em vitaminas e minerais”, observa. De acordo com ele, não há prazo para terminar a promoção.

Saúde

Com a chegada do inverno, é preciso mais energia para manter a temperatura corporal e muitas vezes surge a vontade de saborear alimentos mais calóricos. O problema é que muitas pessoas acabam dispensando o consumo de frutas e verduras, imprescindíveis para manter a saúde nos dias mais frios.

Não há dados oficiais sobre a redução do consumo desses alimentos nos sacolões, restaurantes populares, feiras e mercados da Prefeitura, mas estima-se que a queda no consumo de frutas chegue a 20% e a de verduras, em torno de 25%, principalmente as folhosas, como alface, rúcula, agrião e almeirão.

“O inverno é uma época do ano em que o nosso corpo precisa de fibras, vitaminas, minerais e compostos bioativos para aumentar as defesas e prevenir gripe, resfriados e demais enfermidades típicas da época de frio”, alerta Franciele Gabriel, nutricionista do Departamento de Educação Alimentar da Smab.

De acordo com a especialista, se consumir essas verduras cruas em saladas não apetece tanto, vale preparar experimentá-las em forma de sopas, caldos, cozidas no vapor ou ensopadas.

“No caso das frutas, não pense duas vezes, prepare sucos”, acrescenta ela. Mas Franciele também dá outra dica saudável e saborosa: consumir banana, maçã, pera e abacaxi aquecidos. “Pique as frutas, acrescente umas pitadas de canela em pó e aqueça-as no micro-ondas ou no forno. Esta também pode ser uma ótima e saudável opção de sobremesa”, acrescenta a especialista.

Para quem, realmente, não consegue manter a alface, a rúcula, o agrião e o almeirão no cardápio, a dica de Franciele é substituí-las por folhas que podem ser cozidas ou preparadas no vapor, como o repolho, a acelga, a escarola, a couve-manteiga, a couve-flor e o brócolis. Ela lembra que esses vegetais são fontes de vitaminas A, B6 e B12, essenciais para a maturação das células imunes, ajudando na resistência às infecções. O ácido fólico (vitamina B9), especificamente, participa na formação dos glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo.

Via: Tribuna do Paraná