Ao Vivo

Reunião de prefeitos pode definir medidas duras para o comércio na região de Curitiba

01/12/2020 às 08:19.

Decisão conjunta pode causar lockdown na RMC. Foto: Lineu Filho

Em reunião da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) na tarde desta segunda-feira (30), o prefeito Marcio Claudio Wozniack (PSC) de Fazenda Rio Grande, região metropolitana capital, disse que pode haver um indicativo para novo decreto de fechamento do comércio se os casos de coronavírus (covid-19) não diminuírem no Paraná.

A decisão deve ser tomada nos próximos dois dias, em uma nova reunião. Wozniack é presidente da Assomec e a associação se mostra alarmada com a falta de leitos disponíveis na região para atender os casos graves da doença. Ainda não confirmação se pode haver um lockdown – quando há um fechamento geral.

De acordo com o prefeito de Fazenda Rio Grande, o fórum realizado nesta tarde teve a presença do médico Vinicius Filipak, diretor de Gestão em Saúde na Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa), que relatou uma fila de espera por leitos de cerca de 50 pessoas positivadas para covid-19.

“Tivemos a fala dele, representando a Sesa, e o momento foi muito alarmante. Ele informou que 100% das vagas dos hospitais de referência, que dão apoio aos municípios, estão ocupadas e com fila de espera”, informou Wozniack.

Reunião dos prefeitos da RMC. Foto: Divulgação

Ainda segundo ele, na terça-feira (1.º) ou quarta-feira (2) haverá uma reunião on-line para definir quais serão as medidas adotadas pelos municípios da Assomec para conter o contágio da pandemia. “Momento difícil que estamos vivendo. Inusitado durante todo o início da pandemia, com o maior número de leitos abertos nesse momento e todos lotados. Pede uma cautela muito grande da população. Vamos trazer uma proposta única de regramento, para nos dar direcionamento até o final do ano”, ressaltou.

O prefeito diz que entende a condição atual do comércio, se referindo à crise econômica causada pela pandemia, mas que é preciso por um “freio” no contágio. “O que for decidido agora terá efeito daqui 20 dias. Buscar um regramento ainda nesta semana é fundamental”.

Marcio Wozniack pede que a população mantenha os cuidados. “Quem puder, fique em casa para que possamos ter um Natal melhor, visto os casos que estão aumentando”.

Ainda não há data e horário definido para a reunião nem confirmação do grau de intensidade das próximas medidas que irão para os decretos municipais.

A Assomec é composta por 29 cidades, incluindo Curitiba. São elas Adrianópolis, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperucu, Lapa, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, São Jose dos Pinhais, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná.

Hospitais no limite

Segundo a Secretaria do Estado da Saúde, hoje (segunda-feira), às 15h, haviam 127 pacientes aguardando leito, 58 eram covid (suspeitos e/ou confirmados) na RMC. Os dados são atualizados minuto a minuto. Se a Regulação de Leitos de Curitiba não encontra vaga, ela transfere estes pedidos para a Regulação Estadual.

Via: Tribuna Do Paraná