Região metropolitana de Curitiba tem 1.° caso suspeito de coronavírus

28/02/2020 às 09:41.

Uma mulher de 66 anos está sendo monitorada em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, suspeita de estar com o coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa), que quarta-feira (26) havia anunciado outro caso suspeito em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. A mulher está internada em isolamento em um hospital particular da cidade

Assim como a mulher de 29 anos suspeita de estar infectada em Ponta Grossa, o caso de Campo Largo também é relacionado a uma pessoa que esteve recentemente na Itália, país com mais casos de coronavírus na Europa, com 528 infectados e 14 mortes até o começo da tarde desta quinta. Na última quarta-feira (26), o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de coronavírus no Brasil: um homem de 61 anos que também esteve na Itália recentemente.

A paciente de Campo Largo apresenta sintomas clínicos da doença. Ela já teve material colhido para exame no Laboratório Central do Estado (Lacen). Se o exame der negativo, uma contraprova será encaminhada à Fiocruz, no Rio de Janeiro, para confirmar de vez se ela está ou não infectada.

É o primeiro caso suspeito na região metropolitana. Na tarde desta quinta-feira (27), a secretaria Municipal de Saúde de Curitiba divulgou que investiga um casal com suspeita de coronavírus. A capital já teve outros dois casos descartados em janeiro.

Campo Largo em alerta

Após a divulgação de um caso suspeito de coronavírus, a Prefeitura de Campo Largo divulgou uma nota na tarde desta quinta-feira afirmando que o prefeito Marcelo Puppi e a secretária da Pasta da Saúde no município, Chrystiane Chemin, estão em contato direto com a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná e com o Ministério da Saúde, aguardando resultado do exame. “O mesmo [Ministério da Saúde] tem um prazo de 24 horas para confirmação ou não do caso. Amanhã (28), pela manhã, o resultado sairá e novas informações serão repassadas à população”, diz a nota.

Ainda de acordo com a administração municipal, medidas preventivas já foram acionadas no Centro Médico Hospitalar de Campo Largo, entre elas, o uso obrigatório de máscaras pela equipe médica de saúde.

As equipes de Saúde de Campo Largo também ressaltam que a Unidade de Urgência e Emergência (Centro Médico) precisa receber somente pacientes com extrema necessidade. “Destaca-se a importância de procurar a Unidade Básica de Saúde de cada bairro para cuidados de saúde menos agravantes”, orienta a pasta.

Como prevenir o coronavírus?

  • Lavar as mãos com frequência, ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento.
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar.
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis e após lavar as mãos).

Via: Tribuna do Paraná