Ao Vivo

Região da Itália paga R$ 3 mil por mês a quem se mudar para lá e abrir um negócio

16/09/2019 às 08:29.

Molise, uma região do sul da Itália, está sofrendo com o encolhimento da população. Desde 2014, o lugar, que já tinha pouca gente, perdeu mais de nove mil habitantes. Para remediar esse problema, o governo local anunciou que pagaria 700 euros mensais (cerca de R$ 3145) para quem se mudasse para uma das cidades da região e abrisse um negócio lá.

Foto: Pixabay

Pessoas receberão dinheiro para morar na Itália

A iniciativa foi sugerida por Antonio Tedeschi, que tem um cargo político na região. Em sua página no Facebook, ele disse: “Nossa aposta é tanto nas pessoas nativas de Molise que vivem fora da região e que pretendem retornar à sua própria terra, quanto em quem não é natural daqui mas deseja mudar de vida e talvez desfrutar da tranquilidade e qualidade do nosso maravilhoso território.

molise italia 1400x930 0919

Cenz07/Shutterstock

 

O edital para o programa deve ser lançado em alguns dias, mas, em entrevista à revista Época, Antonio adiantou que não é qualquer um que pode participar do programa — é preciso ter passaporte europeu ou um visto de residência comunitário.

Um outro detalhe é que só entram na iniciativa cidades com menos de dois mil habitantes. Quem conseguir o benefício recebe o incentivo por três anos, mas deve ter um negócio na região.

Molise é uma região muito tranquila e bonita da Itália. Fica entre as montanhas e tem um belo litoral. Muitos jovens deixam o lugar em busca de melhores oportunidades de emprego em centros urbanos maiores, como Roma e Milão.

molise italia 1400x933 0919
ValerioMei/Shutterstock

Por isso, pessoas mais novas ou casais com filhos pequenos são especialmente encorajados a se mudarem para uma das cidadezinhas.

Como o governo espera que as pessoas fiquem por lá, também vai investir em atividades culturais e lazer para a população.

Via: Vix