Rapaz cavalheiro ajuda garota que menstruou no ônibus: discretamente

25/10/2018 às 10:47.

Esta seria uma notícia boba, se não envolvesse o ato de um verdadeiro cavalheiro, para inspirar outros jovens em tempos estranhos…

Foto: Pixabay

Um adolescente está sendo elogiado pela reação que teve ao ver e ajudar uma garota que menstruou depois que entrou no ônibus e não percebeu que sujou a calça. E ele fez tudo discretamente.

A mãe da jovem ficou tão feliz quando soube do cavalheirismo do rapaz que decidiu contar o que ele fez no Facebook.

O sucesso aumentou depois que alguém fez uma captura de tela e o texto viralizou em outra rede social, o Reddit.

O texto

A mãe, dos EUA, contou que a filha “menstruou quando entrou no ônibus e um rapaz que ela não conhece – que é um ano mais velho que ela – a puxou de lado de forma discreta e sussurrou em seu ouvido que ela tinha uma mancha na parte de trás das calças”.

“[Ele] deu o suéter que usava para ela amarrar na cintura e poder voltar para casa”.

“Ela disse que estava meio envergonhada… Mas o garoto insistiu e falou: ‘Eu tenho irmãs, está tudo bem!’”.

Mensagem para a mãe dele

Ela terminou o post com uma mensagem para a mãe do menino:

“Se você é a mãe desse garoto … Eu quero dizer obrigado e que você está criando ele certo !!

“Sem zombar dela pela situação embaraçosa, nem mesmo rir com seus amigos pelas costas, este jovem demonstrou bondade”.

“Ouvimos tantas coisas ruins sobre a juventude de hoje e eu queria compartilhar algo positivo!”

Viral

Assim que a postagem foi compartilhada no Reddit, já teve mais de 284 mil curtidas e centenas de comentários.

“Sempre que leio esse tipo de história, sinto que as crianças de hoje são mais conscientes do que nós. Quando criança, provavelmente nem teria notado, quanto mais saber o que fazer nesse tipo de situação”, disse um internauta.

“Muito impressionante ele pensar em fazer isso mesmo. Quando eu estava no ensino médio, se eu visse isso, eu provavelmente nunca pensaria em ajudar essa menina”, escreveu outro.

Este caso prova que educação é coisa de berço, se aprende em casa… e que a bondade e gentileza podem partir de onde a gente menos espera.