Ao Vivo

Quem é solteira dorme melhor, se exercita mais e tem amizades mais fortes, diz Ciência

27/02/2017 às 16:56.

 

A liberdade de dormir a hora que quiser, se programar para fazer as atividades físicas que você gosta e emendar um almoço de família com um barzinho rodeada de amigos. Estas realidades são bem frequentes na vida de solteira e a Ciência comprovou que são apenas algumas das vantagens de não ter um relacionamento amoroso estável.

Pesquisas científicas provaram que ser sozinha traz três ingredientes que parecem compor a fórmula perfeita da felicidade: dormir melhor, ter mais disposição para fazer exercícios físicos e estar sempre do lado amigos e parentes.

Abaixo, veja mais detalhes destes estudos e a explicação de cada aspecto segundo os pesquisadores.

Vantagens de ser solteira: Ciência explica

Estudos científicos apontam que quem não está namorado ou é casado tem noites de sono melhores, faz mais atividades físicas e se mantém mais próximo de amigos e parentes.

Vai ver que é porque quando se está sozinha não tem essa de acordar com o ronco de alguém, deixar a academia para depois (em troca de um encontro em uma lanchonete) ou se distanciar dos outros porque começou um relacionamento, mas, vamos aos fatos:

Solteiras dormem melhor

Um estudo da Universidade de Nebraska avaliou 150 casais para entender como a sincronia das noites de sono entre as duas pessoas é importante para a vida a dois.

Os pesquisadores perceberam que se um casal é formado por uma pessoa que ama a noite e outra que adora o dia, isso pode interferir na frequência sexual e até na quantidade de conversa entre elas. Sem relacionamentos, portanto, não é necessário fazer esse “ajuste do sono”.

O Departamento de Saúde do Reino Unido fez uma pesquisa para descobrir se os britânicos faziam os recomendados 150 minutos semanais de atividade física. O resultado mostrou que pessoas casadas fazem muito menos atividade do que os solteiros, segundo matéria do Telegraph.

Apenas 27% dos entrevistados faziam atividades como recomendado; desta porcentagem, 76% dos homes e 63% das mulheres eram casados. Prova de que quem não tem um relacionamento estável tem muito mais pique para se exercitar.

“Geralmente, as pessoas casadas são mais velhas e têm mais responsabilidade com crianças e outros fatores. Esses aspectos podem estar prejudicando seus padrões de atividade”, analisou o professor da St Mary’s University College, Len Almond, que ajudou no desenvolvimento da pesquisa.

Via : Vix