Quatro ruas, parques ou praças para aproveitar e fotografar a primavera em Curitiba

26/09/2017 às 14:25.

Os ipês estão presentes em várias partes da cidade. Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O início da primavera é a época da floração de várias espécies de plantas que podem ser observadas em praças, parques e ruas da capital paranaense. “Fazia tempo que não víamos uma floração tão exuberante”, comenta Roberto Salgueiro, técnico agrícola do Horto Municipal da Barreirinha. Ele atribui a intensa floração à seca dos últimos meses, fazendo o florescimento demorar, mas vir de forma mais abundante.

Talvez a flor que mais chamou a atenção dos curitibanos nas últimas semanas foi do ipê amarelo. Depois de uma florada tímida em julho e agosto, o ipê veio com força em setembro, mas sua florada está quase chegando ao fim. Salgueiro conta que, devido à seca, os ipês plantados neste ano já floriram – normalmente levam de dois a três anos.

Especialistas elencaram algumas ruas, praças e parques para apreciar as flores que surgem na primavera. Veja a lista:

 

Avenida Iguaçu

 

As flores . Foto: Mauro Guanandi/Wikimedia Commmons

Foto: Mauro Guanandi/Wikimedia Commmons

 

As flores da sibipiruna e do jacarandá mimoso florescem nos próximos dias e podem ser vistas ao longo da Avenida Iguaçu. Roberto Salgueiro comenta que a sibipiruna está presente em poucas ruas de Curitiba, já que é mais típica do norte do estado. Suas flores são reunidas em inflorescências de cor amarela que podem ser vistas entre suas folhas. Já o jacarandá mimoso, árvore de até 15 metros de altura com flores azul-lilás, também pode ser encontrado em outros pontos da cidade, como na Rua Marechal Deodoro.

 

Praça Tiradentes

Os ipês estão presentes em várias partes da cidade. Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Além dos ipês amarelos que estão em frente a Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Luz, na Praça Tiradentes o arbusto manacá de cheiro também floresce nessa época do ano. As flores roxas e brancas do arbusto são consideradas símbolo de Curitiba. Cobalchini acredita que é porque antigamente os moradores tinham em casagrandes quantidades do arbusto manacá de cheiro. Atualmente, essas flores podem ser apreciadas na Praça Tiradentes e na Linha Verde.

 

Rua Inácio Lustosa

As magnólias podem ser encontradas Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

 

Jaime Luis Cobalchini, engenheiro florestal do Horto Municipal da Barreirinha, chama a atenção para as magnólias que dominam a Rua Inácio de Lustosa, no bairro São Francisco. Para enxergar a flor branca e perfumada é preciso se aproximar das árvores, já que elas florescem em meio às folhas – ao contrário das flores do ipê, por exemplo, que são avistadas de longe.

 

Parque Barigui

 

As corticeiras florescem apenas uma vez por ano e são encontradas no Parque Barigui. Foto: Sarangib/Pixabay

Foto: Sarangib/Pixabay

Giovando Romanini, do Departamento de Parques e Praças da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, destaca as corticeiras do Parque Barigui. As flores de coloração avermelhada podem ser vistas apenas uma vez por ano, na primavera.

Fonte: Gazeta do Povo