Ao Vivo

Programa de TV cria avatar para mãe ver a filha que morreu há 4 anos

11/02/2020 às 15:32.

Um programa de televisão coreano usou a tecnologia virtual para reunir mãe e filho. A menina, Nayeon, 7 anos, morreu por causa de problemas de saúde em 2016, mas sua mãe pode “vê-la” e “tocá-la” novamente com luvas sensíveis ao toque e áudio. No programa, chamado Meeting You, Jang Ji-sung, mãe de Nayeon, colocou o fone de ouvido de realidade virtual (VR) do Vive e foi transportada para um jardim onde sua filha estava ali, sorrindente em um vestido roxo. Ela foi capaz de tocar, brincar, conversar com a filha, e a garotinha até tranquilizou a mãe, dizendo que não sentia mais dores. “Oh, minha linda, eu senti sua falta”, pode-se ouvir a mãe dizendo enquanto acaricia a réplica digital de sua filha.

 

A empresa coreana Munhwa Broadcasting Corporation, ou MBC, trabalhou no design do rosto, corpo e voz de Nayeon para que fosse o mais preciso possível, informou o Aju Business Daily. A menina de cabelos negros perguntou à mãe onde ela estava e se ela pensava nela. Jang então respondeu: “Eu faço isso o tempo todo”. Em seguida, a filha disse: “Senti muito a sua falta, mãe”, e Jang respondeu dizendo “Também senti a sua falta”.

À princípio, Jang hesitou em tocar na criança digital até o pequeno avatar insistir que ela segurasse sua mão. Jang segurou a mão da filha com lágrimas escorrendo pelo rosto. O pai e os irmãos de Nayeon, que estavam assistindo ao programa sentados na platéia, também choravam. Em um momento, a menina ainda corre até a mãe e lhe entrega uma flor dizendo: “Mamãe, você pode ver que eu não estou mais sofrendo, certo?” O programa termina quando a menina se deita para dormir, dizendo que está cansada e sua mãe se despede.

Jang, que usa um colar com as cinzas de Nayeon no pescoço, disse que topou participar do documentário para ajudar outras pessoas que perderam entes queridos, assim como ela. “Agora, eu acho que devo amá-la mais do que sentir falta dela ou me sentir doente, para que possa ter confiança quando a encontrar mais tarde. Espero que muitas pessoas se lembrem de Nayeon depois de assistir ao programa”, escreveu ela em seu blog.

Via: Revista Crescer