Professor de 41 anos é preso ao beijar aluna de 12 anos em Balneário Camboriú

13/12/2018 às 08:53.

Um homem de 41 anos foi preso em flagrante na terça-feira (11) por estupro de vulnerável de uma menina de 12 anos em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense. Segundo a Polícia Civil, ele é professor de Matemática dela, em uma escola em Itajaí, e foi visto beijando a menor de idade na praia.

De acordo com a delegada Inara Drapalski, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de Balneário Camboriú, a Guarda Municipal foi acionada por volta das 15h30 por banhistas na Barra Norte.

“As pessoas na praia se assustaram ao ver os dois aos beijos. Uma menina muito jovem, ainda franzina. Quando a Guarda chegou eles estavam de mãos dadas”, disse a delegada.

Segundo ela, os dois disseram que já conversavam há bastante tempo, trocando fotos, mas que na terça-feira teria ocorrido o primeiro encontro. A menina saiu de casa sem avisar a família e foi com o homem até a praia da cidade vizinha.

Na delegacia, a mãe da jovem foi chamada. Ela disse estar desconfiada que a menina estava mentindo para ela sobre sair com amigos ultimamente. O pai dela está preso.

A delegada pediu a quebra de sigilo do celular do professor, que não tem antecedentes criminais, para dar andamento às investigações. Ele trabalha na rede municipal de Itajaí, com contratos temporários, desde 2015 e dá aulas para a menor de idade desde maio deste ano. A prefeitura disse que não tinha recebido reclamações contra o educador até agora.

Ele deve responder por estupro de vulnerável e pode pegar até 15 anos de prisão.