Preso injustamente perdoa mãe que o acusou de assassinato

31/01/2019 às 11:11.

Um ato de grandeza e humildade de um jovem preso injustamente, acusado de assassinato, emocionou pessoas de todo o país neste último domingo, 27.

Leonardo Nascimento foi solto no Rio de Janeiro após a acusação retirar a queixa por tentativa de assassinato. Logo em seguida, ele se encontrou com a mãe de Matheus, uma das mulheres que o acusaram de ter cometido o crime. Os dois se abraçaram e o jovem confortou a mãe da vítima.

Preso injustamente perdoa mãe que o acusou de assassinato

Foto: Reprodução / TV Globo (Fantástico)

“Eu sinto muito pela perda do seu filho, tá bom? Mas eu espero que a senhora continue firme. A perda de um filho querido é muito grande, entendeu? Em nenhum momento eu julguei a senhora por ter me apontado de alguma forma, entendeu?”, disse Leonardo, emocionado.

O jovem afirmou, cara a cara com a mãe de Matheus, que a perdoava por tê-lo apontado como impetrante do assassinato, e que entendia o fato dela ter feito isto, por estar muito abalada emocionalmente no momento do reconhecimento da polícia.

O encontro foi promovido pelo Fantástico, da Rede Globo, no último domingo, 27.

Leonardo foi detido após ser acusado pela morte de Matheus Lessa, outro jovem, de apenas 22 anos. Ele ficou preso por uma semana, injustamente.

Matheus Lessa foi assassinado após uma tentativa frustrada de assalto a um mercadinho no bairro Guaratiba, zona oeste carioca, no dia 15 de janeiro.

Ele foi baleado e morto ao defender a mãe durante o assalto. No dia seguinte, a polícia prendeu Leonardo, argumentando que quatro testemunhas o “reconheceram” como o assaltante do mercadinho e impetrador da morte de Matheus. Uma das testemunhas era a mãe de Lessa.

Inocência comprovada

Com o auxílio de imagens das câmeras de segurança do condomínio onde Matheus morava, pôde-se atestar que o jovem estava em casa quando o assaltado ocorreu.

O pai do rapaz mostraram claramente que ele foi e voltou de uma partida de futebol, e já havia chegado em casa quando o crime foi cometido, além de estar com uma roupada totalmente diferente daquela apontada pelos investigadores da polícia.

Solto no dia 24, teve sua ficha criminal limpa por provar lisura e total inocência. Após toda esta confusão, Leo diz que sua prioridade agora é conseguir um emprego.

O rapaz está desempregado há cerca de quatro meses, e faz bicos como DJ para pagar suas contas. Ele tem experiência como eletricista e já trabalhou em uma gráfica.

Por fim, a polícia assumiu o erro pelo ocorrido e o verdadeiro assassino de Matheus Lessa confessou seus crimes de assalto e homicídio.