Ao Vivo

PolloShop encerra suas atividades

20/04/2020 às 16:46.

O PolloShop acaba de anunciar o encerramento das suas atividades comerciais. A administração do shopping enviou um comunicado para seus lojistas para que possam se organizar e entregar suas lojas no prazo de 30 dias.

Foto: Divulgação

Os administradores do shopping informam que desde 2014 a economia brasileira vem sofrendo uma grande retração no consumo, e aliada às mudanças do comportamento do consumidor, que nestes últimos anos promoveram a redução de fluxo nos shopping centers e no varejo em geral, fez com que houvesse um grande realinhamento (para baixo) dos valores de aluguéis no país.

O PolloShop está sobre um imóvel de terceiros que, não só não aceitaram renegociar uma redução no valor na renovação do contrato, como ainda pediram aumento do aluguel do imóvel, obrigando a administração do shopping a entrar com uma ação revisional, que se arrasta na justiça há quase três anos.

Nesse meio tempo, a direção do empreendimento tentou várias vezes buscar entendimento para um acordo, e agora com a crise estabelecida pelo surto da COVID-19, que determinou o fechamento dos shoppings e a suspensão dos pagamentos por parte dos lojistas, a administração do empreendimento ficou impossibilitada de arcar com o alto valor do aluguel do imóvel.  Mais uma vez, foi pedida a redução dos valores ou a opção para os proprietários do imóvel assumirem a operação do shopping para preservar o interesse dos lojistas, mesmo com prejuízo dos sócios do empreendimento, mas não houve acordo.

Como o relacionamento com os seus lojistas sempre foi pautada pelo respeito, pela ética e principalmente pelo apoio comercial, a direção do PolloShop fechou um acordo com os empreendedores dos Shoppings Jockey Plaza, Ventura Shopping de Descontos, Shopping Cidade e Shopping Jardim das Américas para receber os lojistas que quiserem dar continuidade às suas operações com uma carência temporária de aluguel.

O PolloShop surgiu como uma grande solução para os pequenos comerciantes e confeccionistas enfrentarem os grandes shoppings, que devido a seus custos só permitiam a operação de grandes lojas, redes de varejo e franquias de grandes marcas. Com o crescimento do e-commerce e o novo comportamento de consumo das novas gerações, o lojista de pequeno porte está sendo fortemente impactado, pois os grandes shoppings oferecem, além das compras, várias opções de passeio, lazer e entretenimento. Com isso, os pequenos lojistas e centros comerciais, voltados quase que exclusivamente para compras, tendem a desaparecer.

Com essa análise e visão de futuro, o PolloShop chegou a desenvolver um projeto de transformar parte de suas lojas em operações de gastronomia, aproveitando os recuos externos para Rua Camões e Dias da Rocha Filho na busca de modernizar seu mix e força de atração de consumidores, porém, mais uma vez, foram barrados pelos proprietários do imóvel, que negaram autorização para tais obras.

Por essas atitudes unilaterais e intransigentes por parte dos proprietários do imóvel, o PolloShop encerra suas atividades depois de 25 anos de atuação no mercado de varejo curitibano.

Sobre o PolloShop

Com 25 anos de operação e fazendo parte da história de tantas famílias curitibanas, o PolloShop trouxe ao mercado da capital paranaense o conceito inovador de varejo orientado por valor, e por mais de 20 anos se consolidou como um empreendimento inovador e de sucesso absoluto que faz parte da história de muitos clientes. O posicionamento de opção inteligente e prática para os clientes que buscam produtos com estilo, atitude e qualidade, aliados a preços mais baixos que os praticados em empreendimentos convencionais, conquistaram o público curitibano e renderam ao shopping importantes prêmios de vendas, marketing e publicidade ao longo dos anos.

A inovação sempre esteve presente nas ações do empreendimento. O PolloShop foi o primeiro shopping a trazer para o interior do empreendimento a árvore solidária de Natal, em que o cliente podia retirar um cartão com as informações de uma criança carente e presenteá-la. O projeto beneficiou mais 25 mil crianças e adolescentes. Criou também o Fashion Bazar que trouxe aos clientes diversas oportunidades ao longo desses anos para que o público pudesse realizar as compras com até 70% de desconto em peças de lançamento de estação. E junto com os benefícios oferecidos aos clientes, surgiu o Studio PolloShop, que além dos programas temáticos, trouxe diversos desfiles ao vivo com looks montados com peças das lojas do shopping. E por último, a criação de um portal especial com conteúdos sobre variedades que vão desde moda a atualidades mundiais.

O empreendimento contava com um mix de 220 lojas, distribuídas em moda feminina, masculina e infantil, acessórios, tecnologia, produtos para casa, presentes, papelaria, brinquedos, cafés e restaurantes.

Via: Assessoria de imprensa /Excom Comunicação