Polícia Militar do Paraná suspende edital do Programa Escola Segura

01/04/2019 às 17:13.

O Comando da Polícia Militar suspendeu o edital e, como consequência, as inscrições para o programa Escola Segura, que vai reforçar a segurança nas escolas estaduais do Paraná. De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública do Paraná (SESP-PR), a suspensão se deu para revisar o valor das diárias oferecidas. A categoria pediu que o valor por dia trabalhado seja maior do que o oferecido.

As inscrições para policiais militares da reserva começaram no dia 19 de março e terminariam no sábado (30), porém o processo seletivo foi suspenso um dia antes do fim do prazo.

Nesta primeira etapa, foram abertas 74 vagas para Londrina, no norte do Paraná, e 46 para Foz do Iguaçu, no oeste. Não foram oferecidas vagas para militares da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo a SESP-PR, as vagas para a região de Curitiba devem ser lançadas em outro edital, em uma nova fase de seleção.

A SESP-PR não adiantou quantos militares se inscreveram e o novo valor das diárias. O órgão se limitou a informar que o edital está sendo revisto.

Conforme o edital, estava previsto o pagamento de R$ 113 por dia de trabalho.

Os militares selecionados para participar do programa vão reforçar a segurança nos colégios, para diminuir os riscos no ambiente escolar, devem agilizar os atendimentos a estabelecimentos de ensino, e farão a prevenção de possíveis perturbações ou atentados contra os prédios dos estabelecimentos ou frequentadores das escolas.