#47 – Na calada da noite

22/10/2018 às 17:22. Comente esta notícia!

Você sabia que já somos um país de idosos? Com quase 25 milhões de pessoas vivendo além dos 60 anos? O impacto disso se reflete não somente na sociedade como no pronto-socorro, com o aumento exponencial do número de acidentes domiciliares.

Será que estamos preparados para cuidar da saúde de nossos idosos?

Olha, eu acho que não.

Pesquisas revelam que 30% das pessoas acima de 65 anos apresenta pelo menos um episódio de queda ao ano. Curiosamente, muitos desses tombos ocorrem na calada da noite.

Por conta de doenças crônicas – diabetes, pressão alta e incontinência urinária são bons exemplos – muitos idosos se levantam sonolentos rumo ao banheiro.

Nessa caminhada tortuosa pelo escuro, que pode se repetir várias vezes à noite, acabam perdendo o equilíbrio e sofrendo quedas que costumam causar traumas de cabeça, fraturas e lesões diversas por todo o corpo.

Infelizmente, esses acidentes podem ser o passaporte para inúmeras comorbidades, complicações, cirurgias e internamentos. Em poucas palavras, um simples tombo pode significar o início do fim para muitos idosos.

Criar um ambiente seguro em casa para eles não é tarefa fácil, pois exige algum investimento em adaptações e acessórios. Além disso, muitos cuidadores são pessoas da própria família que não tem qualquer intimidade com cuidados próprios da área da saúde. Isso tudo acaba levando a um cenário pouco otimista para a qualidade de vida do idoso.

Mas, como diriam justamente os mais velhos, prevenir é sempre melhor remédio.No caso deles, isso nunca foi tão verdadeiro.

Pense nisso, se cuida e até a próxima.

* * *

#47 – Na calada da noite
Duração:
|
Tamanho: 1.99 MB