Ao Vivo

PMs salvam trio que estava se afogando ao cair de jet ski perto da Ilha do Mel

13/10/2020 às 08:06.
Policiais da Patrulha Costeira tiveram dificuldade de fazer o salvamento pela força da maré. Foto: Polícia Militar do Paraná
Três pessoas que caíram de um jet ski foram salvas pela equipe da Patrulha Costeira da Polícia Militar (PM) no Canal da Galheta, entre a Ilha do Mel e Paranaguá, no litoral do Paraná, no começo da noite de sábado (10), por volta de 19h30. O salvamento foi dificultado pela força da correnteza, que estava levando as três pessoas em direção aos navios a caminho do Porto de Paranaguá.

A equipe policial voltava de lancha do atendimento de uma ocorrência de tráfico de drogas quando ouviram gritos de socorros. Como já estava escuro, os policiais se deslocaram com cautela e constataram que um jet ski havia virado. De imediato, os PMs avistaram duas pessoas na água perto do jet ski e outra que estava mais distante, sendo levada pela correnteza.

“Pulamos na água e fomos em direção ao homem que estava se afastando por causa da maré e da correnteza. Essa pessoa tinha um porte físico grande, mesmo assmi conseguimos pegar e levá-la até a nossa embarcação”, explica o soldado Marcio Pontes do Rosário.

Soldados Marcio Pontes do Rosário e Thyago Jevinski que salvaram três pessoas que estavam se afogando após jet ski virar. Foto: Polícia Militar do Paraná

Na sequência, os policiais prestaram socorro às duas pessoas que se seguravam no jet ski virado para não serem levados pela correnteza. Primeiro foi socorrido uma mulher.

Já o piloto caia constantemente na água, já que o jet ski virava constantemente pela força da correnteza. “Ele caía na água e voltava a subir, até que conseguimos trazer ele para a embarcação”, informa o soldado Thyago Jevinski, que também participou do salvamento. O resgate ganhou ainda mais dificuldade pela situação do piloto do jet ski. Antes da chegada da Patrulha Costeira, uma das pessoas puxou sem querer a chave no colete salva-vidas do piloto, que acabou sendo puxado para o fundo o mar.

Dificuldade

O salvamento levou cerca de 20 minutos, sendo dificultado pela força da maré. “Por causa da correnteza, demorava muito para conseguir resgatar cada um deles. Foi muito cansativo”, enfatiza o soldado Jevinski. O soldado Pontes chegou a engolir água do mar durante o resgate e e acabou passando mal.

Após o resgate das três pessoas, o jet ski foi rebocado até Paranaguá. As três pessoas que estavam no veículo não quiseram atendimento médico e foram para casa por conta própria. Já os policiais foram atendidos pelos socorristas da ambulância do Samu e levados ao Hospital Regional para exames, sendo liberados na sequência.

Via: Tribuna Do Paraná