Ao Vivo

PM envolvido em atropelamento por viatura em Guarapuava disse em boletim de ocorrência que vítima caiu

7 de maio de 2024

Foto: Reprodução

Por g1

Um dos policiais militares envolvidos no atropelamento de Alcione Antonio Rosa Pires por uma viatura da corporação em Guarapuava, na região central do estado, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) afirmando que a vítima caiu.

O atropelamento aconteceu em 30 de abril e foi filmado por câmeras de segurança, que mostram a vítima sendo atingida no meio da rua. Alcione morreu no hospital no sábado (4), após quatro dias internado. Ele tinha 40 anos de idade.

Conforme o documento, o veículo era dirigido por um soldado. Um cabo também estava no veículo, atuando na função de patrulheiro, e foi quem registrou o boletim.

Segundo o boletim, o cabo disse que o soldado parou a viatura para orientar o homem, porém, ao se aproximar, a vítima “sofreu uma queda”.

O boletim também diz que, segundo o cabo, uma testemunha, moradora da região, presenciou a queda e confirma a versão.

O B.O. também informa que a vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) antes de ser encaminhada para um hospital.

Conforme o boletim, a versão dos fatos descrita pelo cabo foi apresentada no mesmo dia em que o atropelamento aconteceu.

Leia mais