Ao Vivo

Pinhais vai ganhar nova opção de lazer

05/12/2017 às 08:20.
Foto: Felipe Rosa.

Logo ao lado da Rodovia João Leopoldo Jacomel, que está passando por obras de duplicação, outra obra chama a atenção de quem passa. Mas não é uma obra de responsabilidade estadual, como a rodovia, e sim municipal, da Prefeitura de Pinhais: é o Parque das Águas, que terá pistas de caminhada e ciclovias em asfalto, área de estacionamento para aproximadamente 200 veículos, parquinhos, academia ao ar livre, pontes e mirantes de madeira, áreas de lazer e sanitários. A iluminação externa será feita com baterias solares.

Foto: Felipe Rosa.

Foto: Felipe Rosa.

O parque, que tem cerca de um milhão de metros quadrados, está sendo erguido na área das cavas. Conforme um dos funcionários, o espaço foi todo revitalizado, porém mantendo o desenho natural das cavas. O estacionamento e as pistas de caminhada logo receberão asfalto e o parque já está começando a ser gramado. O mirante e algumas pontes já estão prontos.

A pista de caminhada que já está pronta para receber asfaltamento tem aproximadamente dois quilômetros e 700 metros. Mas, como outra pista ainda deverá ser feita por dentro do bosque, nos fundos do parque, a distância de caminhada deve se equiparar aos grandes parques de Curitiba. Até então, Pinhais não tinha nenhuma opção municipal de lazer desta magnitude.

Agora, não será mais permitido tomar banho. Porém a pesca, só com varinha, continuará sendo permitida em determinadas áreas. Há quem conte algumas histórias de pescador, dizendo que pega bastante peixe. Outros vão só “molhar a isca”, pois dizem que há apenas alguns lambaris na água. A exceção é um dos lagos perto da entrada, onde vive uma carpa gigante, que dá seus pulos fora d‘água quando está muito calor.

Conforme a prefeitura, a previsão de entrega das obras é março de 2018. O custo inicial foi de R$ 1,5 milhão. Mas, por conta de alguns imprevistos, o custo quase dobrou. Como a Sanepar explora recursos daquela região – boa parte da água que abastece a região metropolitana é extraída de Pinhais e Piraquara -, a empresa contribuiu com R$ 300 mil para as obras do parque.

Foto: Felipe Rosa.

Foto: Felipe Rosa.

Via: Tribuna do Paraná