‘Picada’ no dedo poderá determinar sexo do bebê

17/05/2018 às 14:25.

Uma pesquisa brasileira publicada no “Prenatal Diagnostics” mostra que um teste simples com sangue de vasos capilares, semelhante ao feito para monitorar a diabetes, pode identificar o sexo do bebê no primeiro trimestre de gravidez.

Foto: Pixabay

Hoje, exames de sangue mais complexos podem ser feitos nesse período para identificação do sexo do feto. Geralmente, contudo, famílias só vão saber se o bebê é menino ou menina após os primeiros três meses, quando a observação pelo ultrassom é possível.

O teste é feito por meio de uma pequena quantidade de sangue de vasos capilares coletada pelo dedo e identifica a presença do cromossomo Y (masculino); por exclusão, é possível saber se é menina pela ausência do cromossomo.