Passageiros descontentes estão trocando ônibus por transporte irregular entre Curitiba e São José

16/08/2017 às 08:12.

Os usuários do transporte coletivo de Curitiba e de São José dos Pinhais reclamam de transtornos nos ônibus e nos terminais em horários de pico. Na linha Curitiba/Jardim Ipê as queixas vão desde o tempo de espera até o excesso de passageiros, passando pela falta de segurança.

No trajeto Jardim Ipê/Curitiba, os passageiros contam que depois das 19h os ônibus estão mais vazios e a viagem dura cerca de 45 minutos. Mas eles afirmam que, em horários de pico, o ônibus demora mais de uma hora e meia pra percorrer o mesmo trecho.

O fato é que devido aos problemas no transporte público oficial, alguns usuários acabam utilizando o transporte irregular que começa a ser oferecido. A auxiliar administrativa Lucimar Calheiros diz que quando perde o ônibus ou quando a fila está muito grande, paga R$ 5,00 para a condução irregular. “Aí você vem sentada, vem tranquila, bem rapidinho”, comenta ela.

A Viação Graciosa disse ainda que, antes do início da operação clandestina dos motoristas, transportava, em média, 3 mil passageiros por dia, e que o número de passageiros caiu pra 2,5 mil. A Polícia Militar informou que a responsabilidade pela fiscalização do transporte clandestino é dos órgãos municipais.

Via: G1