Parques de Curitiba terão segurança reforçada

14/11/2018 às 08:17. Comente esta notícia!

Para garantir a diversão de famílias e turistas nos parques mais movimentados da cidade neste período de “alta temporada”, a Prefeitura preparou um reforço no esquema de segurança, com a deflagração da Operação Parque Protegido, nesta terça-feira (13/11). O reforço segue até fevereiro.

São 40 guardas municipais a mais que, nos fins de semana, vão se juntar aos profissionais da corporação que já atuam de forma fixa nos parques Lago Azul, São Lourenço, Tanguá, Barigui, Bacacheri, Náutico e Passaúna, além do Jardim Botânico e do Zoológico.

“Os parques de Curitiba são a nossa praia. Essa é mais uma ação da Prefeitura com o reforço da nossa valorosa guarda, que tem feito um grande trabalho”, afirmou o prefeito em exercício, Eduardo Pimentel. Ele lembrou que, na semana passada, o prefeito Rafael Greca lançou a Operação Natal, com reforço no policiamento da Guarda Municipal nos eixos comerciais do Centro e dos bairros.

“Nos parques, eles vão fazer o patrulhamento não apenas com moto ou viatura, mas também a pé, para que a população tenha contato com os guardas e tenha tranquilidade em seus passeios”, explicou Pimentel.

Visitação

Em um fim de semana ensolarado, a frequência nos parques da capital aumenta em até 30%, segundo estimativa da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Somente no Parque Barigui, a visitação é de ao menos 150 mil pessoas por mês, sendo a maior parte nos sábados e domingos.

O Jardim Botânico de Curitiba não é classificado como parque, mas a unidade de conservação é bastante visitada. O local também recebe cerca de 150 mil de pessoas/mês. Já parques Bacacheri, Tanguá e São Lourenço recebem, em média, 30 mil pessoas por mês, cada um, enquanto que a frequência no Lago Azul gira em torno de 15 mil por mês.

Duração

A Operação Parque Protegido começa no fim de semana (17 e 18/11) e prossegue até 24 de fevereiro. “Estamos tendo reforço dos cerca de 60 guardas municipais que concluíram a formação no mês de setembro e já estão incluídos nas escalas de trabalho para o patrulhamento das ruas”, informou o secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

No primeiro semestre de 2019, outros 170 aprovados em concurso público e já convocados devem fazer o curso de preparação, antes de serem incorporados.