Ao Vivo

Paraná tem pior índice de isolamento após reabertura de shoppings e academias

05/06/2020 às 08:24.

Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.

A primeira semana de funcionamento de shoppings e academias em todo o estado, após a flexibilização do decreto governamental sobre o fechamento de estabelecimentos comerciais não essenciais, levou o Paraná a apresentar, na última sexta-feira (29), o pior índice de isolamento social desde 20 de março, quando se iniciaram as medidas de contenção ao coronavírus. Monitoramento da empresa de geolocalização In Loco Inteligência de Dados mostra que, na primeira sexta-feira de shoppings abertos – embora em algumas cidades, por decisão das prefeituras, esses estabelecimentos já funcionavam com restrições antes da decisão do Palácio Iguaçu -, apenas 36,1% dos paranaenses mantiveram-se em isolamento.

O índice, idêntico ao de Santa Catarina, é um dos mais baixos já registrados em todo o país desde o início da pandemia, superando, apenas, índices de Tocantins (34,6%) e Goiás (35,9%). A média do Paraná nos dias úteis da semana entre 25 e 29 de maio foi de 37,4% de isolamento. A média da semana anterior, até então a mais baixa já registrada no estado, havia sido de 38%. Até abril, o índice de isolamento no estado ficou sempre superior a 40%. A medição utiliza dados anônimos de dispositivos móveis para monitorar o deslocamento das pessoas em todo o Brasil. A média nacional de isolamento na última semana foi de 41%.

Nem no domingo, dia em que historicamente são registrados os maiores índices, o Paraná conseguiu manter um isolamento superior a 50%, considerado ideal para conter a disseminação do vírus. No dia 31 de maio, o isolamento foi de 47,7% o segundo pior número para um domingo desde 22 de março, superando apenas o do dia das mães (10 de maio), quando o isolamento registrado foi de 44,4%.

Os dados desta semana indicam um leve aumento no isolamento, com 38,4% registrados na segunda-feira (1º) e 39,4% na terça-feira (2). A média nacional está em 40,5%.

O monitoramento semanal do Google sobre a movimentação de pessoas com base nos registros do aplicativo Google Maps também mostra o aumento nos deslocamentos na última semana. Se no boletim de 29 de março houve diminuição de 75% na visitação a estabelecimentos de lazer e entretenimento (shoppings entre eles) em relação à média histórica, essa redução caiu para 33% na semana de 29 de maio.

O relatório mostra, ainda, que as visitas ao comércio em geral foram apenas 4% menores que a média história na última semana (em março, chegou a 42%). O fluxo de pessoas por terminais de transporte, que chegou a cair 64% em março, estava, na última semana, 36% abaixo da média, mantendo o índice registrado em 29 de abril. E o deslocamento de pessoas para postos de trabalho, que teve chegou a ter redução de 34%, estava, de acordo com o Google, 13% menor na última semana.

Via: Tribuna Do Paraná