Ao Vivo

Paraná mantém volta às aulas presenciais em colégios de Curitiba e do interior para a próxima segunda

19/05/2021 às 06:26.

Num cenário de pandemia que pode exigir rápida mudança nos planos, o governo do Paraná, por enquanto, mantém a previsão de retomada das aulas semipresenciais em mais 40% dos colégios da rede estadual na próxima segunda-feira, 24 de maio. A meta inicial, contudo, que era de retorno em 743 escolas, já está comprometida por decretos de vários municípios proibindo a volta dos alunos, devido ao agravamento dos indicadores da pandemia.

A Secretaria Estadual da Educação (Seed) deve receber até as 17h desta terça-feira (18) a confirmação dos núcleos regionais sobre os colégios prontos para a retomada. Pelo menos em vinte municípios a volta terá de ser adiada. Somente em Guarapuava, onde uma lei municipal suspendeu as aulas presenciais, sete colégios estaduais não retornam mais no dia 24. A Secretaria da Educação já trabalha com a possibilidade de prefeitos vizinhos acompanharem a decisão mais restritiva.

“Guarapuava é um município que lidera a região do Centro do Paraná. Até sexta-feira, acredito que vai dobrar esse número (de municípios proibindo o retorno)”, avalia Roni Miranda, diretor de Educação da Seed. Ele acrescenta que o governo já esperava mudança de planos, devido ao aumento do número de contaminados com Covid e à taxa de ocupação dos hospitais. “Em Irati e Guarapuava, por exemplo, estávamos sabendo que havia esse aumento da ocupação dos leitos”, aponta Miranda.

O plano de retorno inclui 20 colégios estaduais de Curitiba, dos 160 existentes. Toda a estratégia tem acompanhamento, e aval, da secretaria da Saúde, que, conforme Miranda, “é quem dita o ritmo”.