Ao Vivo

Paolla Oliveira relata dificuldades da ‘cabeça’ de onça que usou no desfile da Grande Rio: ‘Não enxergo com ela’

13 de fevereiro de 2024

Foto: Stephanie Rodrigues/g1

Por O Globo

Rainha de bateria da Grande Rio, a atriz Paolla Oliveira causou impacto com a fantasia usada no desfile da escola neste carnaval, na primeira noite de apresentações na Sapucaí. Enquanto ela sambava Sambódromo adentro, a cabeça de onça cobria e descobria seu rosto em um mecanismo automático, acendendo os olhos do animal. O visual, somado ao escuro da Avenida, provocou gritos e aplausos do público. Nesta segunda noite de Grupo Especial na Passarela do Samba, Paolla voltou à Marquês de Sapucaí. E, em entrevista no Camarote Quem O Globo, confirmou que estará, sim, à frente dos ritmistas da Grande Rio em 2025 e repassou o desfile da escola deste ano.

— Foi mais do que eu queria! Todo ano a gente vem com um monte de expectativa e é sempre lindo. E este ano parece que aconteceu uma magia diferente. A bateria estava posicionada numa parte do desfile que representava transformação, então eu acho que estava no tema. E aí foi toda essa comoção, eu fiquei muito feliz — falou ela, dando mais detalhes da fantasia: — Era superconfortável! A cabeça era um pouco pesada, com o mecanismo e toda cravejada em cristais. O mais difícil é porque eu não ouvia direito e eu não enxergo quando ela abaixa. Era no escuro. Hoje eu vi os vídeos e eu estava correndo. Como é que eu corri? Eu não sei. Como eu dei conta? Tem coisa que só acontece ali. Já me confirmaram como rainha ano que vem, nem me perguntaram. E se eles quiserem, a gente volta!

Continue lendo