Pão com leite condensado de Jair Bolsonaro é aprovado nas ruas

07/11/2018 às 10:07. Comente esta notícia!

A chegada de Jair Bolsonar (PSL) ao posto máximo da República incluirá no cardápio do Palácio da Alvorada uma receita inusitada: pão francês recheado com leite condensado. Desde que o então candidato postou na internet uma foto da sua mesa de café da manhã que revelava a mistura, a “iguaria do capitão” foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. Muitos comentários demonstravam estranheza com a combinação. À frente da padaria Flor da Tijuca, a empresária Fernanda Hipólito, de 48 anos, não se surpreendeu com o gosto do presidente eleito e até já pensa em oferecer algo nessa linha para os seus clientes.

— Eu adoro pão com azeite e açúcar, tenho um amigo que come pão com pastel, então, eu entendi perfeitamente esse gosto peculiar. Vou colocar à venda um pão com leite condensado na chapa, para gratinar, e batizá-lo com o nome do presidente — adianta Fernanda.

Enquanto Bolsonaro exibe com orgulho sua receita especial de café da manhã — além da foto postada em 19 de outubro, ele apareceu encharcando o pão com leite condensado numa reportagem do “Jornal Nacional”, da TV Globo, exibida na véspera do segundo turno —, tem quem prefira manter o hábito de adoçar o pão francês “na encolha”.

— Gosto de pão com mortadela e açúcar. Abro o pão, coloco uma fatia de mortadela e jogo açúcar por cima. É uma delícia! — ensina um apaixonado por pão que pediu para não ser identificado: — Sou diabético, e minha esposa me mata se souber que como essas coisas.

Trabalhando como padeiro há mais de 20 anos, Inaldo Alves, de 48, espera um dia preparar um sanduíche especial para o futuro presidente da República. E ele promete caprichar na mistura dos ingredientes, sem deixar de lado o açúcar, é claro:

— Já que ele gosta de recheios exóticos, eu prepararia um pão rústico, com massa de cerveja preta, açúcar mascavo, levedura caseira e tomate seco dentro do pão.

A assistente administrativa Mônica Araújo, de 52 anos, costuma comer o básico: pão francês com queijo ou requeijão. Mas ontem, ao receber a proposta para experimentar a iguaria apreciada por Bolsonaro, ela topou. O resultado? Aprovou!

Mônica experimenta o 'Pão Bolsonaro' que a empresária Fernanda Hipólito pretende lançar
Mônica experimenta o ‘Pão Bolsonaro’ que a empresária Fernanda Hipólito pretende lançar Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

— É bem saboroso! A ideia do Bolsonaro está aprovadíssima. São dois produtos muito gostosos, não teria como ficar ruim, né?! Vou virar freguesa dessa novidade — diz ela.

Apesar de achar uma combinação engraçada e irreverente, a dona de casa Andréa Alves, de 48 anos, não se espantou com o hábito alimentar do presidente eleito. Ela lembra que o pai, morto em 2014, costumava comer pão com goiabada ou banana:

— O meu pai adorava colocar um pãozinho num prato e rechear com goiabada.

Outras opções com os ingredientes

A chef de cozinha Cris Leite, que assina a coluna “Almoço de Domingo” no EXTRA, afirma que há outros pratos que combinam muito melhor o pão salgado com o leite condensado:

— Podemos fazer uma rabanada de forno, aproveitando essa época do Natal. São muitos carboidratos, e essa versão é assada, menos calórica do que a opção frita — sugere Cris, que também ensina outra receita de pão com leite condensado (confira abaixo como fazer).

O chef do restaurante Bagatelle, no Jockey Club, Ignácio Peixoto, sugere a variação de uma sobremesa que ele classifica como sendo um clássico do Sudeste: o pudim de pão.

— O pudim de pão deixa essa combinação bem mais elaborada. O leite condensado é bastante utilizado dentro da culinária, principalmente aqui no Rio e em São Paulo — indica Peixoto.