Os tomates | Doutor 98

17/03/2017 às 10:03.

Toda temporada de verão é a mesma coisa, embora tanto se fale dos perigos do sol, sempre, sempre tem alguém que acaba parando no pronto-socorro:

Naquele plantão tive uma visão infernal. Na recepção do pronto-socorro, uma mulher andava de um lado para outro com seu filho no colo. Os dois se destacavam entre os outros pacientes. Não somente pela dor que visivelmente estavam sentindo, mas pela vermelhidão de seus corpos, causada por uma longa tarde de exposição solar.

Sem exagero, pareciam dois tomates. Protetor solar, guarda-sol, roupa ou chapéu… para que se utilizar desses artifícios se o barato da praia é justamente combinar sol com sal e sal com areia?

De imediato, tanto a mãe quanto o filho foram colocados no soro fisiológico e medicados com um potente analgésico. Infelizmente, esses casos de queimadura são de difícil manejo, levando vários dias para o alívio do desconforto e da dor. Então, nessa época de praia, cuide de si e de sua família. Não esqueça que mesmo nos dias encobertos o sol pode queimar. Além disso, evite se expôr ao sol entre 10 e 16 horas. Caso aconteça de alguém virar tomate, leve a pessoa para um lugar fresco e protegido do sol. Se possível, faça uso de ar-condicionado ou ventiladores. Ofereça líquidos e observe sinais de insolação: se as queimaduras forem intensas, se houver febre, vômitos ou mesmo confusão mental, procure assistência médica imediata.

Ouça:

Dr Carlos Valério Andrade| CRM-PR 35.499

Doutor 98 – De Seg a Sex ás 10hrs em 98,9fm ou ouça online