Ao Vivo

Ocupação de leitos de UTI por coronavírus no SUS chega a 74% em Curitiba

15/06/2020 às 08:38.

Foto: Lineu Filho / Tribuna do Paraná.

O crescente aumento de pacientes internados com coronavírus em Curitiba gera preocupação das autoridades sanitárias de Curitiba. Neste sábado (13), durante a live transmitida pelo Facebook, a secretária de saúde Márcia Huçulak afirmou que a prefeitura está trabalhando para evitar um colapso no sistema de saúde. Atualmente, 167 pacientes estão internados em hospitais públicos e privados de Curitiba com a covid-19, 71 deles em UTI. A taxa de ocupação de leitos das UTIs do SUS exclusivas para coronavírus é de 74% na capital.

“Fizemos todo um esforço no início, desde fevereiro, no sentido de sempre achatar a curva. A população precisa ajudar. O vírus não vai embora, vamos ter que conviver. Enquanto não tivermos descoberto uma vacina, um tratamento, vamos viver em alerta”, salientou a secretária durante a live transmitida neste sábado.

O prefeito Rafael Greca, pelo Facebook, afirmou que as novas medidas de enfrentamento da covid-19 são baseadas em ordem médica. “O crescimento do número de infectados era de 20 por dia durante 70 dias, pulou para 40 por dia em 15 dias e está em 60 por dia agora. Não vamos facilitar no combate sanitário”, explicou o prefeito na rede social.

Novos casos

O boletim divulgado neste último sábado (13) informou mais 59 novos casos confirmados de coronavírus em Curitiba. Com a atualização, a capital paranaense tem 1777 pessoas que testaram positivo para a doença, dos quais 1263 já estão recuperadas.

Ainda há 311 casos em investigação e 2428 exames descartados desde o início da pandemia. 78 óbitos em consequência do coronavírus foram registrados em Curitiba. 344 mortes foram descartadas e 5 ainda seguem suspeitas.

Alerta laranja

Por causa da crescente aumento nos casos de coronavírus na capital paranaense, a prefeitura decretou neste sábado (13) Alerta Laranja de coronavírus em Curitiba. A partir desta segunda-feira (15), academias, bares, igrejas e outros serviços estão suspensos. O comércio varejista de rua, shoppings, centros comerciais e restaurantes terão de funcionar em horários específicos.

Via: Prefeitura De Curitiba