Ao Vivo

O tratamento capilar que Marina Ruy Barbosa fez para o casamento

11/10/2017 às 16:24.

Conversamos com Renata Souza, hair specialist do SpaDios, e responsável pelos fios ruivos de Marina Ruy Barbosa

O casamento de Marina Ruy Barbosa e Xandinho Negrão aconteceu no último sábado (7/10), e continua dando o que falar. A atriz estava absolutamente impecável: além de usar um vestido da Dolce&Gabanna feito exclusivamente para ela, o make e o penteado também chamaram a atenção. Os fios ruivos da Marina são sua marca registrada, mas os ter sempre bonitos assim não é fácil. Você sabia que ela passou um ano inteirinho cuidado deles para estarem lindos durante a cerimônia?

Conversamos com Renata Souza, hair stylist e proprietária do famoso SpaDios, responsável pelo cabelo de Marina, que explicou como funciona esse tratamento. Marina já é fã de carteirinha do SpaDios há bastante tempo, mas no último ano aumentou a frequência da ida ao salão justamente para chegar a data do casamento com os fios fortes e brilhantes.

Renata contou que a Marina gosta bastante da ideia de prevenção dos danos, mesmo ideologia que tem o salão, e com o seu trabalho de atriz, os fios acabam sofrendo, portanto era preciso torná-los mais fortes. “A gente trabalha com combos de tratamentos. Marina fez sessões de velaterapia (que sela e protege os fios para não abrir pontas duplas, manter a cor e previne quebra), corte bordado (que remove pontas duplas e ressecadas), multivitaminas (que desintoxica o couro cabeludo) e infusão (tratamento a base de ervas que acalma o couro cabeludo)“, disse Renata.

hair stylist enfatiza que a velaterapia é um processo desenvolvido pelo SpaDios e requer muito cuidado para ser feito – tanto que são apenas alguns profissionais do salão que o fazem. “É um método que pode ser feito em qualquer tipo de cabelo, mas é bastante indicado para os fios finos. Muitas mulheres se queixam de que o cabelo não cresce, não passa da altura do ombro, enquanto na verdade é que eles quebram e não possuem forças para passar dali. A velaterapia ajuda bastante nisso. Mas, tanto a velaterapia quanto o corte bordado são processos que merecem atenção e cuidado redobrado, não é como fazer uma hidratação com ampola em casa“, diz Renata.

A frequência do tratamento varia caso a caso. Marina, por exemplo, ia ao salão a cada um mês e meio. “Tem algumas mulheres que podem ter um intervalo maior entre uma sessão e outra, mas os resultados são tão legais. Tanto que, às vezes, elas próprias fazem questão de aumentar a constância“, contou Renata. Ela afirma que os resultados você já sente na primeira sessão (principalmente na textura do fio), mas lá na quarta eles são completamente visíveis.
De uma coisa temos certeza: funciona! O cabelo da Marina é sonho de consumo de muita gente por aí!