Ao Vivo

Novo Terminal do Capão da Imbuia terá bicicletário

09/12/2019 às 09:35.

Um dos terminais de ônibus mais defasados de Curitiba, construído em 1982, o Capão da Imbuia vai ganhar nova estrutura. A prefeitura anunciou que o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou R$ 1,65 milhão para contratação de projetos de mobilidade na região leste da cidade. Entre as obras, está a construção do terminal com bicicletário para 180 bikes. Ainda não há data para a obra.

Foto: Brunno Covello/SMCS (arquivo) / Reprodução/ Site/ Prefeitura de Curitiba

O novo Capão da Imbuia será construído um pouco à frente do atual terminal, perto da Rua da Cidadania do Cajuru. E, assim como o Terminal do Tatuquara, que está sendo contruído, o Capão da Imbuia seja interligado a outros modais de transporte, como a bicicleta. Para isso, o novo terminal terá um bicicletário para 180 bikes.

A estrutura também terá guarda-volumes, sanitários e ligação subterrânea entre as plataformas. A segurança será totalmente monitorada por câmeras de segurança interligadas à Central da Guarda Municipal.

Para construir o novo terminal, a Rua Francisco Mota Machado terá de passar por alterações. Ela fará parte de um sistema trinário com as avenidas Affonso Camargo e Maurício Fruet para integrar o sistema viário da região leste de Curitiba.

Trincheira

Além do terminal, o dinheiro liberado pelo MDR também prevê a contratação de projeto para construção de uma trincheira no bairro Jardim Botânico.

A trincheira será bem nos fundos do parque Jardim Botânico, sob a Avenida Prefeito Lothário Meissner. A nova estrutura vai permitir a ligação das ruas Ostoja Roguski e Alberto Twardowski eliminando o semáforo existente. O objetivo é melhorar o tráfego na região, facilitando a integração entre os bairros Cristo Rei e Prado Velho.

Via: Tribuna do Paraná