Mural com rosto das vítimas de massacre em Suzano é coberto por tinta

03/04/2019 às 10:41.

O muro da entrada principal da Escola Estadual Professor Raul Brasil em Suzano, que foi grafitado com o rosto dos cinco estudantes e dois funcionários da unidade mortos durante o massacre, foi novamente pintado nesta quinta-feira (28).

Desta vez, a arte foi coberta por uma tinta azul. De acordo a Secretaria de Estado de Educação, já era programado de que o mural em homenagem às vítimas ficaria por alguns dias. Por conta disso, o artista já cobriu a arte, porque fará uma nova intervenção, segundo a pasta.

O G1 tenta contato com o artista Francisco Kleison, que assinou a obra, para saber se foi ele quem cobriu a pintura no muro e se fará uma nova intervenção no local.

A arte foi feita na segunda-feira (25). Na ocasião, Kleison disse que a ação foi voluntária. “A gente se sensibiliza com a dor de todos e quis ajudar da maneira que podia. Por isso, procurei a diretoria da escola semana passada, eles gostaram da ideia e disseram que iam pedir a autorização da Secretaria Estadual da Educação. Eles aprovaram e vim com um funcionário fazer a pintura”, contou à época.

Artista plástico Francisco Kleison finalizou grafite no muro da Raul Brasil no mesmo dia – sete vítimas mortas na escola foram retratadas — Foto: Francisco Kleison/Arquivo Pessoal

Via G1