Mulher viaja 3000 quilômetros até aqui em Curitiba para fazer doação de medula óssea para desconhecido

30/01/2019 às 10:38.

Amanda Geyza dos Santos Nogueira viajou incríveis 3.000 km (apenas de ida!) para fazer uma doação de medula óssea na qual se ofereceu como voluntária a um desconhecido em Curitiba, Paraná.

Pernambucana residente de Salgueiro, município de 60 mil habitantes do interior do estado, Geyza foi selecionada pelo Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) para efetivar sua doação.

Amanda Geyza dos Santos Nogueira viajou incríveis 3.000 km (apenas de ida!) para fazer uma doação de medula óssea na qual se ofereceu como voluntária a um desconhecido em Curitiba, Paraná.

Pernambucana residente de Salgueiro, município de 60 mil habitantes do interior do estado, Geyza foi selecionada pelo Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) para efetivar sua doação.

Mulher viaja 3000 quilômetros até Curitiba para fazer doação de medula óssea para desconhecidoAmanda viajou incríveis 3.000 km (apenas de ida!) para fazer uma doação de medula óssea. Foto: Reprodução / Blog do Alvinho

A pernambucana retorno para Salgueiro uma semana depois, no dia 20, com uma sensação plena de dever cumprido: “O que me motivou foi o amor ao próximo. Muita gente deveria ter essa bondade, mas poucos têm”, disse.

Não demorou muito para que o ato humanitário de Amanda repercutisse (positivamente) na cidade. Ela recebeu dezenas de elogios de vizinhos, amigos e colegas de trabalho, além de desconhecidos com quem cruza na rua.

Uma das vereadoras da cidade, Paizinha Patriota (PV-PE) pretende homenageá-la em uma sessão plenária com os demais congressistas da cidade, logo após a volta do recesso da Casa Epitácio Alencar.