Mulher é multada por comer coxinha enquanto dirigia em Ponta Grossa

14/02/2020 às 08:58.
(Foto: Reprodução)

Uma mulher de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, no Paraná, recebeu uma multa de trânsito inusitada. Ela foi multada por infração leve (três pontos e R$ 88) por ser flagrada dirigindo seu veículo enquanto comia uma coxinha. Ela foi multada por não estar com as mãos no volante. O caso viralizou na internet.

 

“Condutora dirigindo com a mão esquerda apoiada no volante, segurando uma coxinha, e com a mão direita um sachê de maionese. Condutor não identificado. Veículo em movimento”, diz a justificativa da multa. O 1º Batalhão de Polícia Militar relatou que o documento é verdadeiro e que o auto de infração foi lavrado por um Policial Militar.

O que diz o Código

O Código de Trânsito Brasileiro diz que é obrigatório manter as duas mãos ao volante, exceto quando for necessário fazer troca de marcha, acessar algum acessório do veículo, ligar para-brisas, faróis ou sinalizar utilizando o braço. Neste caso,  comer ou beber enquanto dirige é uma infração, já que o motorista terá que tirar uma das mãos do volante para comer ou beber, o que constitui infração média. O mesmo se aplica à maquiagem. A infração é média e resulta em multa de R$ 130,16 e 4 pontos na carteira. Vale lembrar que, no caso de o motorista tirar uma das mãos do volante para mexer no telefone celular, a infração se torna gravíssima, com multa de R$ 293,47 e penalidade de 7 pontos na carteira.

No caso da motorista de Ponta Grossa, no entanto, ela foi multado pelo artigo 169 do capítulo XV das Infrações, que diz que pune quem irigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança. Neste caso, a infração é leve.