Mulher de Curitiba é estuprada e acorda em terreno baldio após pedir carro por aplicativo

14/02/2019 às 16:57. Comente esta notícia!

 

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Votorantim, em São Paulo, investiga uma denúncia de estupro contra um motorista de aplicativo. A denúncia foi feita por uma mulher de 33 anos, que foi encontrada na manhã de segunda-feira sem roupas e com uma garrafa introduzida na vagina em um terreno baldio próximo ao Parque Santos Dumont, em Votorantim, após utilizar o serviço de transporte.

Em depoimento, a vítima disse que mora em Curitiba (PR) e chegou na noite de domingo na rodoviária de Sorocaba para fazer uma visita ao pais. Após deixar o local, pegou um táxi até uma farmácia na Avenida Coronel Nogueira Padilha. Com o celular sem bateria, a mulher solicitou a um casal que passava pelo local que pedissem um carro em um aplicativo de transportes

A vítima afirma que ao entrar no veículo, lembra que tomou água e comeu uma bala oferecida pelo motorista. A partir daí, ela já não recorda mais nada, apenas do momento em que foi encontrada por moradores na manhã seguinte. Foram eles que acionaram a Polícia Militar, que resgatou a mulher no local.

A vítima foi levada ao Hospital Regional de Sorocaba, onde passou por exames e teve alta em seguida. A polícia ainda não tem informações de quem seria o motorista. O fato da vítima não ter solicitado o carro em seu próprio aparelho de celular e não conhecer o casal que realizou esta tarefa, dificulta a procura pelo suspeito.

 

 

Fonte:  Extra