Ao Vivo

Mulher doa rim para a ex do atual marido: empatia

07/06/2021 às 08:23.

Mylaen, Jim e Debby após o transplante de rim – Foto: AP

A gente sonha com o dia em que todos os casais vão se separar civilizadamente. Na Flórida, nos Estados Unidos, uma mulher doou um rim para a ex-esposa do atual marido dela. E mais: dois dias após o casamento com Jim Merthe.

Sim, Debby Neal-Strickland salvou a vida da mulher que foi casada com o marido dela. E foi única pessoa próxima compatível para fazer a doação para Mylaen Merthe, de 59 anos.

Debby conta que fez a doação por vários motivos nobres.about:blank

Empatia

Mylaen a, ex-esposa lutava há anos contra uma doença renal e os rins dela chegaram a apenas 8% de funcionamento.

A filha dela com Jim estava prestes a se tornar mãe quando tudo aconteceu e Debby se colocou no lugar da ex e resolveu doar o órgão para que ela pudesse curtir o neto.

“Já imaginou a filha de Mylaen dando à luz e sua mãe não estando lá? Eu não poderia deixar de tentar mudar isso. Deus me disse: ‘Você é compatível e precisa fazer isso’”, contou Debby em entrevista à Associated Press.

Ela também fez a doação por ter perdido o irmão para a fibrose cística. Ele precisava de dois pulmões e ela não conseguiu doar um, por não ser compatível.

“Quando alguém precisa de um órgão, se não o consegue, provavelmente não sobreviverá. Eu sei que é algo que você tem que fazer rapidamente”, afirmou.

A separação

Jim Merthe, o ex-marido, e Mylaen estão divorciados há quase duas décadas, mas sempre se deram bem, criaram dois filhos, e seguiram mantendo a boa relação depois que Jim se apaixonou por Debby, de 56 anos.

As duas sempre se deram bem, o que facilitou ainda mais que a atitude fosse bem aceita e acolhida.

O transplante aconteceu dois dias após o casamento de Jim e Debby porque os resultados dos exames de compatibilidade atrasaram por causa da pandemia.

Aí a cirurgia foi agendada para logo depois do casamento de Debby e Jim.

Durante dez anos, o casal sempre planejou se casar, mas sempre havia um imprevisto no caminho, e dessa vez adiar não era uma opção.

Eles se casaram no dia 22 de novembro de 2020, e no dia 24 do mesmo mês o transplante foi feito com sucesso.

A recuperação

Quando a cirurgia terminou Mylaen contou: “Estávamos com nossas máscaras, então choramos. Nosso estômago doía com as incisões. Rimos e choramos um pouco”.

Agora as famílias planejam uma viagem, quando a pandemia acabar. As duas amigas se chamam de “irmãs de rim”.

Atualmente, Mylaen se recupera junto com a filha, o neto e o genro. Após vencer a batalha, ela comemora as alegrias do ofício de vovó.

“Eu pude segurá-lo e alimentá-lo. Eu estava tipo, ‘estou aqui para ver isso e estou segurando este pequeno bebê’”, comemorou.

Mylaen agradeceu a nova esposa do ex-marido dela:

“É disso que se trata o mundo: família. Temos que ficar juntos. Ela salvou minha vida ”, concluiu Mylaen Merthe.

Mylaen, Jim e Debby após o transplante de rim - Foto: APMylaen, Jim e Debby após o transplante de rim - Foto: AP

Com informações da AP e Upsocl

Via: Só Noticia Boa