Ao Vivo

Mulher dá à luz dentro de loja no Centro de Curitiba

22/12/2017 às 15:30.

A três dias do Natal, uma mulher deu à luz na manhã desta sexta-feira (22) a um menino dentro de uma loja no Centro de Curitiba. O parto foi na Casa das Embalagens, comércio na Avenida Sete de Setembro, próximo ao Mercado Municipal. Por volta das 8h30, logo após a loja ser aberta, os funcionários perceberam que uma mulher grávida estava com fortes dores em frente à loja.

A mulher estava dirigindo quando sentiu as contrações. Quando a bolsa se rompeu, a outra mulher que estava com ela desceu do veículo e foi buscar ajuda com os policiais da Delegacia de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP), na outra quadra do comércio. Nisso, a gestante desceu do carro, bem em frente à Casa das Embalagens. Com a mulher gritando de dor na frente da loja, os funcionários a puseram para dentro do estabelecimento, enquanto um dos clientes ligava para a ambulância do Samu.

“Na hora o pessoal da loja já pegou luvas, panos… Todos ficaram preocupados porque ela gritava ‘está nascendo’, relata o vendedor Leandro Alberto Tulio, 40 anos, que prestou o primeiro socorro à mãe, levando ela no colo para dentro da loja. Durante o parto, a loja teve de ser fechada por causa da aglomeração de curiosos. “Todo mundo veio ver o que estava acontecendo. A gente ficou preocupado. Aí foi só ela deitar [para o bebê nascer]. Foi uma emoção muito grande para todo mundo”, complementa Leandro.

Logo na sequência, equipes do Samu e da Unimed chegaram e atenderam a mãe e a criança. A ambulância do Samu levou a criança ao hospital. Durante o parto, foram usadas caixas de papelão e um carrinho de papel toalha foi usado para apoiar a cabeça da grávida. “Sem dúvida, a moça foi muito corajosa”, afirma Leandro.

Adriana Fernandes, 34 anos, outra funcionária da loja, presenciou o parto. Ela conta que na hora todas as pessoas ficaram apavoradas. Depois, veio a felicidade de presenciar uma vida vindo ao mundo. “Quando ela deixou, já começamos a ver a cabecinha da criança. O Leandro segurou a mão dela e disse para ela ficar calma. Ela só agradeceu em cima da maca e colocaram ela na ambulância”, recorda.

Uma nova história

O parto emocionou os funcionários da Casa das Embalagens, que foi praticamente destruída por um incêndio em 2011. “A loja era conhecida pelo incêndio. Agora, vamos ser conhecidos por uma criança que nasceu aqui dentro. Foi muito especial”, festeja outro funcionário do estabelecimento, Gelton Andreas, 50 anos, que enquanto a criança nascia correu para a sede da Secretaria Municipal de Saúde, na outra quadra da loja, para buscar ajuda.

A mãe e a criança foram encaminhados ao Hospital Evangélico. O bebê vai se chamar Felipe.

 

 

 

Via: Tribuna do Paraná