Muito sol: temperatura nesta quarta-feira pode ser recorde deste inverno

30/08/2017 às 08:17.

A quarta-feira (30) será de mais calor em Curitiba. Terça-feira (29), a temperatura bateu novo recorde para este inverno, chegando à casa dos 30,4º C, segundo o Simepar. A marca anterior era do último domingo (27), quando os termômetros marcaram 29,1º C. E a previsão é de que possa haver novo recorde de calor nesta quarta-feira (30).

“Pode até não bater o recorde por décimos, mas o dia vai ser de bastante calor”, afirmou o meteorologista Samuel Braun. Mas existe uma condição para tal fenômeno: a dissipação do nevoeiro. “A marca final depende do nevoeiro. Se perder força cedo, há chances de ultrapassar os 30º C de novo”.

O sistema de baixa pressão que estava sob a Argentina, no extremos sul do continente, segue curso em direção ao Oceano Atlântico, e a aproximação de uma frente fria favorece o aumento do calor. Assim, a possibilidade de formação de áreas de instabilidade é baixa, e o vento que traz o ar quente do centro do continente aquece gradativamente a atmosfera. “Toda vez que uma frente se aproxima, a tendência é de aquecimento mais significativo. Amanha, estando mais perto, a chance de aquecer mais é grande”. A mínima na capital, pela manhã, fica na casa dos 13º C.

A única área com maior presença de nuvens é o litoral. Com a influência direta da umidade do oceano, as regiões costeiras terão maior presença de nebulosidade, mas nem por isso os termômetros deixam de subir. A máxima fica próxima à registrada na capital, 29º C, mas o efeito cobertor térmico das nuvens faz com que a amplitude seja menor. Mínima de 11º C, em Paranaguá.

Campos Gerais, Norte, Noroeste e Oeste terão sol durante todo o dia, sem presença de nuvens. A região Norte deve sofrer com a baixa umidade, que chega a bater na casa dos 20% com a escalada da temperatura. A previsão do Simepar é de calor de verão para as áreas, com máximas na casa dos 33º C, em Cascavel e Foz do Iguaçu, 33º C em Maringá e Umuarama, e 36º C, em Paranavaí.

Via: Gazeta Do Povo